Câmara aprova impeachment de Donald Trump

Foto: mana5280 /Unsplash

Dez republicanos votam pelo impeachment de Trump. Agora cabe ao Senado definir se o presidente perderá o mandato

A uma semana do fim do mandato, Donald Trump entrou para a história americana. O republicano é o primeiro presidente a ter dois processos de impeachment aprovado na Câmara dos Representantes. A sessão aconteceu na tarde de hoje (13) e teve um resultado surpreendente, pois diferente da votação anterior, 10 deputados republicanos votaram pelo afastamento de Trump.

O processo de impeachment foi motivado pela invasão ao Capitólio, que registou 5 mortes e inúmeros feridos. Trump foi considerado responsável por incentivar os atos de violência. Durante a sessão que confirmaria a vitória de Joe Biden, o então presidente discursou defendendo a existência de fraudes eleitorais e incitou os apoiadores a agir contra o resultado das urnas.

Depois dos atos no Congresso, os democratas pressionaram o vice-presidente, Mike Pence, a invocar a 25a emenda, dispositivo legal para a remoção do presidente em caso de incapacidade física ou mental. Mas Pence defendeu que o afastamento aumentar a tensão no país.

Com a negativa de Pence, deputados democratas entraram com o pedido de impeachment na Câmara. A votação terminou com o placar: 232 votos a favor, 197 contra e quatro abstenções. Dos votos a favor, um marco, 10 republicanos romperam com o presidente e votaram pelo afastamento.

Agora cabe ao Senado votar pela condenação ou absolvição. Por lá, até hoje, todos os presidentes foram absolvidos. Além de Trump, Andrew Johnson e Bill Clinton tiveram impeachment aprovado pelos deputados. Ao todo, a história americana registra quatro impeachments, dois são do atual presidente.

Enquanto na Câmara era preciso a maioria simples para vencer a votação, no Senado, é preciso ter a maioria de dois terços. Assim, os democratas precisaram contar com o  apoio de senadores republicanos para a condenação de Donald Trump. Vale lembrar que o Congresso americano pode seguir o debate mesmo com o término do mandato de Trump.

 

 

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?