Copa do Brasil: Palmeiras vence Grêmio por 1 a 0 e abre vantagem para a volta

O resultado dá a vantagem do empate por qualquer número de gols para o Palmeiras. Porém, a equipe contará com a ausência do zagueiro Luan, o qual foi expulso no segundo tempo 

Gustavo Gómez comemorando o gol da partida entre Palmeiras e Grêmio pela final da Copa Do Brasil
Gustavo Gómez comemorando o gol da partida entre Palmeiras e Grêmio pela final da Copa Do Brasil – Foto: Lucas Figueiredo

Ontem (28), começou a disputa da final da Copa do Brasil. O Palmeiras venceu o Grêmio pelo placar mínimo, em Porto Alegre, e sai com a vantagem em busca do terceiro título da temporada 2020/2021.

A vitória faz com que o atual campeão da América tenha vantagem na partida de volta. Sendo assim, o alviverde pode empatar por qualquer placar que leva o caneco para casa. Como a competição aboliu o gol qualificado, se o Grêmio vencer o próximo jogo por um gol de diferença o título será decidido nos pênaltis. Contudo, em caso de vitória por dois ou mais gols, o imortal se consagrará campeão da Copa do Brasil pela sexta vez.

Primeiro tempo

Pelo ritmo de jogo imposto pelo Palmeiras desde o primeiro minuto de jogo, parecia que eram os paulistas os donos da casa. O Porco criou a primeira oportunidade em questão de segundo com Viña. Porém, o lateral perdeu na trombada para o zagueiro Kannemann e o juiz interpretou como lance normal.

Aos 25, Rony bateu falta da intermediária e fez com que Paulo Victor executasse sua primeira defesa na partida.

Na terceira vez que o Palmeiras criou uma boa oportunidade, o gol saiu. Depois de uma cobrança milimétrica de Raphael Veiga, aos 31 minutos, ele encontrou Gustavo Gómez. O zagueiro subiu sozinho na área e cabeceou com força para abrir o placar.

O Grêmio tentou dar uma resposta e reagir dois minutos depois, mas Alisson finalizou para fora. O meia voltou a chegar com perigo, aos 40 minutos, mas não conseguiu empatar o jogo para o Imortal.

Entretanto, a melhor chance criada no primeiro tempo foi do Palmeiras. Aos 45, Raphael Veiga achou Luiz Adriano entre os zagueiros. O camisa 10 do Verdão recebeu, cortou Paulo Miranda e chutou por cima do gol de Paulo Victor.

Segundo tempo

Se esperava uma injeção de ânimo dos gremistas na volta do intervalo, afinal, era final de Copa do Brasil. Contudo, o Palmeiras seguiu ditando a dinâmica do jogo e assumindo o protagonismo da partida. Enquanto o Grêmio tinha muita dificuldade para chegar no último terço do campo.

Todo esse panorama se materializa numa jogada aos 10 minutos. Raphael Veiga, novamente ele, dominou dentro da área e deu uma caneta desconcertante em Paulo Miranda. Logo após, o meia acha Rony na área e dá a assistência, que é desperdiçada pelo atacante.

Lance decisivo 

Tudo estava favorável para que o Palmeiras aumentasse a vantagem e continuasse no controle do jogo. Mas, tudo mudou aos 19 minutos, quando Luan é expulso por dar uma cotovelada em Diego Souza. Com a vantagem numérica, o Grêmio assume as ações do jogo e fica mais ofensivo.

A entrada de Ferreirinha no lugar do volante Maicon esquentou a partida. Aos 28 minutos, o garoto recebeu boa bola de Diego Souza, mas foi parado pelo goleiro Weverton.

Mesmo com mais posse de bola e maior proximidade da área do Palmeiras, o tricolor gaúcho criou muito pouco. A chance mais lúcida até o fim da partida foi criada aos 40 minutos, quando Thaciano aproveitou uma bola que sobrou num bate-rebate na área alviverde. A bola explodiu na barriga de Felipe Melo na pequena área e os gremistas reclamaram de pênalti. Todavia, o juiz mandou o lance seguir, pois não configurava nenhuma infração.

O jogo terminou 1 a 0 para o Palmeiras, que conseguiu uma boa vantagem para a volta. Os últimos 90 minutos que definirão o campeão da Copa do Brasil serão jogados no dia 7 de março, às 18 horas, no Allianz Parque.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?