Palmeiras conquista o tetra na Copa do Brasil 2020

Alviverde derrota Grêmio por 2 a 0 com gols dos garotos da base, Wesley e Gabriel Menino

Palmeiras comemorando a conquista da Copa do Brasil 2020 - Foto: Lucas Figueiredo/CBF
Palmeiras comemorando a conquista da Copa do Brasil 2020 – Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Como diria Galvão Bueno: “É tetra!”. No último domingo (7), o Palmeiras derrotou o Grêmio por 2 a 0 dentro de casa e se consagrou campeão da Copa do Brasil pela quarta vez na história do clube. Os jogadores que garantiram o triunfo no jogo de volta foram os garotos da base: Wesley e Gabriel Menino. Sendo assim, com a conquista o Palmeiras conquistou a Tríplice Coroa em 2020 com direito a Campeonato Paulista, Libertadores e da Copa do Brasil.

Primeiro Tempo

Como estava em desvantagem por ter perdido o jogo de ida em Porto Alegre, o Grêmio começou o jogo tentando surpreender o Verdão. Os comandados de Renato Gaúcho pressionaram bastante nos cinco primeiros minutos de partida e perdeu duas boas chances de empatar o placar geral. Logo no segundo minuto, Pepê quase aproveitou cruzamento que veio da direita, porém não conseguiu finalizar com precisão. Passados três minutos foi a vez de Alisson tentar chute da entrada da área, levando perigo ao goleiro Weverton.

O Palmeiras respondeu as investidas tricolores aos sete minutos. Matheus Henrique falhou na saída de bola e Rony ficou cara a cara com o goleiro Paulo Victor. O atacante demorou para tomar uma decisão e foi interceptado por Paulo Miranda. O Porco passou a ter o domínio da partida. Inclusive, Raphael Veiga chegou a abrir o placar, aos 18 minutos, mas o gol foi anulado por impedimento de Rony na origem da jogada.

O Grêmio teve a mesma dificuldade da partida de ida: bastante dificuldade de fazer a transição da defesa para o ataque. Com isso, o Palmeiras manteve o ritmo e desperdiçou várias oportunidades. Raphael Veiga, Zé Rafael, Rony e Wesley chegaram com perigo, entretanto todos tomaram a decisão errada para finalizar as jogadas com sucesso.

Segundo Tempo

O Imortal repetiu a estratégia do início do primeiro tempo na volta do intervalo. Com isso, subiu as linhas de marcação, pressionou o Palmeiras e criou uma ótima chance. Contudo, o arqueiro do palmeirense executou outra boa defesa no chute de Pepê de dentro da área.

O início da segunda etapa parecia um replay da primeira. Porque o Palmeiras também respondeu aos 7 minutos em contra-ataque, mas desta vez abriu o placar. Raphael Veiga recebeu bola no campo de defesa, driblou dois jogadores e enfiou a bola para Wesley. O camisa 47 chutou forte, de perna esquerda, para abrir o placar. Paulo Victor chegou a tocar na bola, mas não foi suficiente para evitar o tento palmeirense. Para muitos comentaristas, o goleiro falhou no lance.

Em contrapartida, três minutos depois de ter sofridoo gol,  o Grêmio quase empatou o jogo. Diogo Barbosa avançou pela esquerda e cruzou. A bola desviou em Marcos Rocha e sobrou para Thaciano. O meiocampista subiu sozinho, mas cabeceou mal, facilitando a defesa de Weverton.

No restante do jogo, o Tricolor Gaúcho até tentou o ataque, mas foi parado pelo sistema defensivo do Palmeiras. Aos 39 minutos, veio o gol que sacramentou o título. Rony puxou contra-ataque e passou para William. O atacnte encontrou Gabriel Menino, que driblou Matheus Henrique e chutou cruzado, rasteiro, para fazer 2 a 0 em outra falha de Paulo Victor.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?