fbpx

Venda de seminovos cresce no primeiro semestre de 2021

seminovos
Foto: Luis Wilker WilkerNetPixabay

No DF, foram vendidos 131.239 veículos seminovos somente nos primeiros seis meses de 2021, contra 87.588 comercializados no ano passado

Os números da Agenciauto, associação que representa as lojas revendedoras de seminovos no Distrito Federal (DF), indicam que as vendas de veículos seminovos seguem em alta no DF.

Nos seis primeiros meses de 2021, foram vendidos 131.239 veículos, número 49,8% maior do que no mesmo período de 2020. No último mês, 20.414 foram comercializados na região, o que representa um aumento de 5,4% em comparação com o mês de junho.

O presidente da Agenciauto, José Rodrigues Neto, entende que os números revelam uma tendência do consumidor além de uma mudança na realidade econômica do país. “A mentalidade do consumidor brasileiro também passou por uma transformação nos últimos tempos. Está cada vez mais claro para todos que é, sim, muito vantajoso comprar um carro seminovo”, afirma.

Ainda de acordo com a associação, o crescimento das vendas de seminovos reflete o momento vivido pelas fábricas de carros no país, a falta de insumos dificulta a produção dos veículos 0KM.

As motos também apresentam alta no número de vendas. No primeiro semestre de 2021, foram comercializadas 10. 934 motos, uma alta de 60,2% se comparado ao primeiro semestre de 2020, já que naquele período foram vendidas 6.824 motos. Já no mês de julho deste ano, 1545 motocicletas foram comercializadas no DF, contra 1.560 do mês anterior, junho.

Pódio de vendas

No mês passado, os carros mais vendidos no DF foram os usados mais jovens, ou seja, veículos com até quatro anos de uso. O segundo lugar ficou com os usados maduros, de 9 a 12 anos de uso, e o bronze, ficou com os velhinhos, veículos com 13 ou mais anos de uso. Fora do pódio, em quarto lugar, aparecem os seminovos com até 3 anos de uso.

Com relação aos modelos, na categoria ‘auto’, o Gol foi o mais vendido, com 919 carros, o Uno ficou em segundo, com 712 carros vendidos e o Palio foi o terceiro mais comercializado, 632 carros.

Na categoria comerciais leves, o modelo mais vendido foi a STRADA, 366, seguido pelo SAVEIRO, 223 e, em terceiro lugar, a S10, 197.

Já entre as motocicletas, que vem experimentando uma alta nas vendas nos últimos meses devido ao alto preço da gasolina no país, a CG150 como modelo mais comercializado, com 257 unidades vendidas no mês de julho, seguida pela CG 125, com 138 vendas e, em terceiro lugar, a PCX 150, totalizando 64 motos comercializadas.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?