fbpx

Confira os destaques musicais do primeiro semestre

Apesar das enormes dificuldades enfrentadas pelo setor cultural durante a pandemia, os músicos cariocas não se renderam e continuaram produzindo. Ao longo deste primeiro semestre, destaquei na seção Dica Carioca alguns desses trabalhos. Hoje trago uma retrospectiva do que rolou de melhor, incluindo – sem pestanejar – o lançamento do dia, que é o segundo CD do Sexteto Sucupira, “Paisagens latinas”. Não deixe de ouvir a playlist da coluna, o link está no final do texto! 😉

Sexteto Sucupira (@sexteto_sucupira)

Conheci o Sexteto Sucupira quando eles se apresentavam num bar meio afastado ali na Lapa, pelos idos de 2015. A pista não era grande e a entrada era grátis – mas a banda fazia um forró instrumental com toque jazzístico e emanava uma energia impressionante. Em pouco tempo, a qualidade musical conquistou um público cativo e, mesmo cobrando ingresso, a casa sempre ficava lotada às terças-feiras. Foi então que o time partiu para um campo maior: a Fundição Progresso, onde o baile bombava toda semana até o início da pandemia.

Semestre
O Sexteto Sucupira lança hoje seu segundo CD nas plataformas: “Paisagens latinas”.

E hoje o sexteto lança seu segundo CD, “Paisagens latinas”, nas plataformas digitais. O trabalho vinha sendo preparado antes da pandemia, mas contou com a Lei Aldir Blanc para sair do papel. Em 2/7 o grupo lançará ainda o clipe de “Bogotá no meu forró” e, em 9/7, tem show virtual no YouTube.

É um disco em que expandimos nosso entendimento do forró dentro de diferentes danças da América Latina. Acho importante nos enxergarmos também enquanto latinos, afinal estamos na mesma casa e passamos pelos mesmos problemas. Os fãs do Sexteto Sucupira terão uma boa surpresa com o CD, pois é um som diferente do que fazíamos no baile – embora também seja dançante. Estamos ansiosos para voltar aos shows, mas por enquanto só podemos levar, via internet, nossos corações e almas nesse trabalho para as pessoas”. Alexandre Bittencourt, flautista e saxofonista.

Gabriel Gabriel (@gabrielgabrielgg)

Uma das grandes novidades que pintaram na cena este ano foi o lançamento do primeiro trabalho solo do multi-instrumentista, cantor e compositor Gabriel Gabriel. O fundador do Bloco Amigos da Onça se lançou em grande estilo na carreira solo, com dois singles acompanhados de clipes: “O mar” e “Cavaleiro do Tempo” – este último com participação de Mestrinho. Durante a pandemia, o músico se dedicou ao projeto “40 músicas em 40 dias” e, por meio da Lei Aldir Blanc, viabilizou a gravação das faixas. Os clipes foram financiados pelo próprio artista, com direção de Fernando Neumayer e Luís Martino.

Semestre
Gabriel Gabriel se lançou em grande estilo na carreira solo, com singles e clipes.

Juliana Linhares (@xulianalinhares)

Mais um trabalho de estreia que merece destaque é o de Juliana Linhares, cantora e compositora potiguar radicada no Rio. Ela surgiu com a banda Pietá e conquistou a cena carioca pela qualidade musical e performance: Juliana também é atriz e tem uma expressão corporal particular, chega a ser magnética. No seu primeiro CD, “Nordeste Ficção”, ela apresenta parcerias com nomes como Zeca Baleiro e Chico César (expoentes nordestinos da música pop), além de regravações de clássicos regionais como “Tareco e Mariola” e “Bolero de Isabel” e, ainda, uma inédita de Tom Zé – “Aburguesar”, com participação da carioca Letrux.

Semestre
A magnética Juliana Linhares também estreia carreira solo, com o belo CD “Nordeste ficção”.

Orquestra Voadora (@orquestravoadora)

A famigerada Orquestra Voadora também inovou durante a pandemia: lançou este ano a primeira gravação da banda com os alunos das oficinas e o primeiro trabalho audiovisual produzido por eles. O single da faixa “Pernas Voadoras”, música de André Ramos, ganhou 8 versões de videoclipes, todos gravados de forma remota em função do distanciamento social. Os vídeos foram inspirados no Rio de Janeiro da década de 20 e fazem uma homenagem aos artistas da perna de pau, marca registrada da orquestra. O projeto foi lançado em parceria com o selo alemão Lona Musik e está no YouTube e nas plataformas de streaming.

Semestre
A Orquestra Voadora lançou o primeiro projeto audiovisual concebido pelos alunos das oficinas.

Bondesom (@bondesom)

Sou fã incondicional dessa galera que começou há cerca de 20 anos, com bailes instrumentais dançantes que arrebataram um público cativo. A banda também bombou mais recentemente com o projeto Acarajazz, destaque na agenda de rua no Rio. E este ano, em plena pandemia, eles lançaram o 4° CD, “Pista Livre”. O trabalho traz 8 composições próprias e mostra novas influências, como o soul e o afrobeat (ritmo popularizado pelo nigeriano Fela Kuti). Neste disco, o grupo também inova ao lançar mão de um naipe de metais nos arranjos.

Semestre

No CD “Pista livre” o Bondesom conta pela primeira vez com naipe de metais, em trabalho com pegada soul e afrobeat.

Áurea Martins e João Senise (@aaureamartins | @joaoseniseoficial)

O CD “Quase 50” (Fina Flor, 2021), de Áurea Martins e João Senise, traz um belo encontro de gerações. O título faz referência à diferença de idade entre os dois. No ano passado, Áurea celebrou 80 anos – mas segue jovem na percepção aguçada da nova produção musical e na disposição para trabalhar. João Senise, com apenas, já é um “veterano” e lança seu 9° trabalho. Dessa vez, o repertório escolhido com Áurea mistura clássicos como “No rancho fundo” e “Água de beber” a músicas mais lado B – como “Gesto final”, de Johnny Alf – e standards como “Just Friend”. Um trabalho de altíssimo nível, com arranjos de Gilson Peranzzetta.

Destaques musicais
Encontro de gerações: Áurea Martins e João Senise lançaram juntos o CD “Quase 50”.

CLIQUE AQUI E OUÇA A PLAYLIST DA COLUNA DESTA SEMANA!

Confira aqui os links no YouTube dos artistas citados: Sexteto Sucupira, Gabriel Gabriel, Juliana Linhares, Orquestra Voadora, Bondesom, Áurea Martins, João Senise.

Conheça outras descobertas de Gabriel Versiani pelo Rio de Janeiro em outras edições da coluna Contexto Carioca aqui!

Acompanhe o colunista @_gabriel_versiani também no Instagram!

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?