Testes de vacina contra a covid-19 são suspensos

vacinaOs ensaios clínicos finais para a vacina, desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca, contra a covid-19 foram suspensos nesta terça-feira (8). A pausa nas pesquisas seria para investigar o efeito colateral apresentado por um dos voluntários.

De acordo com a imprensa inglesa, o voluntário seria um britânico que teria sido diagnosticado com mielite transversa, que se trata de uma síndrome inflamatória que afeta a medula espinhal e pode ser causada por infecções virais.

Até então, a causa da doença não foi confirmada e será preciso uma investigação para descobrir se há uma relação da síndrome com a vacina.

A vacina de Oxford traz grandes esperanças devido ao sucesso dos testes realizados na fase 1 e 2. Pausar os estudos de uma vacina é algo comum e não pode ser entendido como retrocesso e sim, como uma ação de proteção aos voluntários.

A suspensão da pesquisa acontece pela segunda vez, a primeira foi no início do verão europeu. A retomada dos testes pode acontecer já nos próximos dias, depende da decisão da Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos para a Saúde (MHRA). Mas de acordo com o diretor da MHRA, a instituição está agindo para que isto ocorra o mais rápido possível. 

Vale destacar que os estudos clínicos no Brasil também estão suspensos. De acordo com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que conduz a pesquisa no país, 5.000 brasileiros já receberam a vacina e não há registro de reações graves.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?