Quando o passado se faz presente o futuro não chega [Bastidores de você]

Olá, pessoal, hoje vamos falar sobre o futuro e como lidamos com ele, mas antes de mais nada quero propor uma reflexão sobre o seu futuro, seu passado e principalmente seu presente. Para isso, quero partir de um lugar muito importante que é um pedido de desculpas. Sim, um pedido de desculpas que você TEM que fazer a si mesmo, por todas as vezes que por medo, por insegurança ou ainda por desamor a si próprio você se feriu, com medo de que desse errado. Desistiu de seus sonhos por medo! Você se deve um pedido de desculpas.  

Sabe, meus amigos, dentro da minha clínica tenho escutado muito as pessoas falando assim: “ah eu queria tanto tal coisa, mas acontece que no passado aconteceu aquilo e isso me impede de tentar”. Ou a variante que eu mais escuto: “Ah, Robson, eu já tentei isso uma vez e não deu certo” e as pessoas simplesmente desistem de seus sonhos, do seu futuro por ficarem atreladas ao passado, impedindo assim a construção de um futuro. 

Eu gosto de sempre perguntar aos meus pacientes o que o passado tem haver com  a construção do futuro. Engraçado é que em um primeiro momento, quase todos respondem que possui total conexão, e dizem, o meu passado que molda meu futuro… Amo ver a expressão em seus olhares quando percebem que isso não é verdade e que o passado nada tem haver com a construção do futuro. A expressão que revela que ainda há esperança. 

O futuro não é uma criação do passado, se o futuro fosse criado pelo passado o tempo presente não precisaria existir. O futuro é construído pelo que você faz no aqui e agora. O nosso passado serve tão somente para nos sinalizar onde já fomos e as consequências de determinados atos.

Perceba: não estou dizendo que o passado não tem qualquer serventia, pelo contrário, ele tem sim uma importância, pois nele temos os nossos erros e acertos e deles podemos tirar lições que vão ajudar a edificar nosso futuro. O passado é um ótimo professor, assim devemos olhar para ele não com o olho de lamentação, mas como um professor que está pronto a nos ensinar as coisas, boas e ruins. Aprender com o passado é o primeiro passo para edificar o futuro. Este não se define pelo que passou, aliás como diz a música dos Titãs “Go Back”: 

Você me chama
Eu quero ir pro cinema
Você reclama
Meu coração não contenta
Você me ama
Mas de repente
A madrugada mudou
E certamente
Aquele trem já passou
Se passou, passou
Daqui pra melhor
Foi!

Só quero saber
Do que pode dar certo
Não tenho tempo a perder
Só quero saber
Do que pode dar certo
Não tenho tempo a perder

O que quero dizer com isso tudo é que você deve deixar o passado onde ele está, onde ele pertence, o passado não pertence ao presente e nem ao futuro, então, de uma vez por todas, pare de trazer o passado para o presente, pois não funciona, o peso sobre seus ombros somente vai aumentando e a lida com a vida fica cada vez mais difícil. 

Aprenda com seu passado, tire lições, se inspire, mas nunca, jamais, em tempo algum deixe seu passado moldar seu futuro. Seu futuro é moldado no aqui e agora, se algo deu errado, tente de novo por um outro caminho, se não deu certo na primeira tentativa, tente de novo e de novo até dar certo. 

É fato que nem tudo depende de nós, mas a maioria das coisas sim, por isso tenho dito para as pessoas que frequentam meu consultório, seu futuro cabe na seguinte frase: “enquanto o passado se faz presente, o futuro não chega”. Quero terminar o texto dizendo para você: Levante a cabeça, respire fundo, planeje suas ações, caminhe com fé e esperança pois a vida é feita para dar certo, basta você escolher isso.

Sigam o autor no Instagram @robsonpribeiro  e no Facebook @robsonpaiva

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?