fbpx

PL: Chelsea vence clássico e vira líder do campeonato

chelsea
Thiago Silva comemora o primeiro gol no London Stadium. Foto: Reprodução/Facebook

Thiago Silva abriu o placar e o Chelsea venceu por 3 a 0 o derby londrino. Agora os blues estão na frente da tabela

Domingo de clássico em Londres em jogo válido pela quinta rodada da Premier League. De um lado o craque belga Romelu Lukaku e de outro, o astro dos três leões, Harry Kane. Entretanto, o dia não foi deles, na vitória do Chelsea sobre o Tottenham por 3 a 0, dois zagueiros marcaram, inclusive, quem abriu o placar foi o brasileiro Thiago Silva.

O primeiro tempo foi truncado e terminou sem gols, o Chelsea tentava pressionar, mas a defesa do Tottenham conseguiu anular as chances, e a estratégia de Nuno Espírito Santo, de deixar o coreano Son na referência e Kane atrás, na linha do meio de campo, não deu tão certo quanto o esperado.

A torcida do Chelsea não precisou esperar muito para gritar gol, aos 4 minutos do segundo tempo em uma cobrança de escanteio, Thiago Silva marcou de cabeça e deixou os azuis na frente do placar. Depois do gol, o Tottenham parecia desorganizado e os blues seguiam pressionando, destaque para Marcos Alonso, que tentou dobrar o placar, mas Eric Dier impediu o espanhol de comemorar.

O Tottenham deixava espaços para o Chelsea avançar e com N’Golo Kanté em campo, forte na marcação, o jogador francês também entende do ataque, veio o segundo gol. Kanté viu a oportunidade de chutar a gol e disparou contra a meta do compatriota Lloris, a bola chegou a desviar na zaga do Tottenham e entrou para o desespero da torcida da casa. 

Com o domínio do jogo, o time de Thomas Tuchel seguia atacando, e um pouco antes do apito final, foi a vez de Rudiger, o zagueiro alemão, fechar o placar, 3 a 0 para o Chelsea. O resultado deixa os azuis na liderança da Premier League. Thiago Silva foi eleito Man of The Match. 

Na próxima semana tem outro clássico, sábado (25), o Chelsea recebe o Manchester City. O jogo está marcado para às 8h30, horário de Brasília. 

David salva o dia

No London Stadium aconteceu o encontro entre os donos da casa, o West Ham, e o Manchester United. O primeiro tempo não foi nada fácil, os Diabos Vermelhos tentavam achar espaços, mas sem sucesso, e aos 30 minutos aconteceu o primeiro gol da partida. Mas foi do lado dos Hammers. 

Benrahma chutou e a bola desviou em Raphael Varane, anulando qualquer chance de defesa de David Gea. A festa dos torcedores da casa não durou muito tempo, Cristiano Ronaldo, com o posicionamento perfeito, recebeu passe de Bruno Fernandes e precisou chutar duas vezes para empatar o jogo, na primeira, Fabianski defendeu, mas a bola sobrou para o camisa 7 do United marcar pela terceira vez na Premier League.

O VAR chegou a ser acionado para confirmar o posicionamento do português, mas Ronaldo estava a, praticamente, um passo atrás do marcador. 

No segundo tempo, Ole Gunnar Solskjaer fez duas substituições com o intuito de dar mais velocidade e usar os lados do campo, entraram Jesse Lingard, que esteve emprestado ao West Ham na temporada passada, e Jadon Sancho. Mas as mudanças só surtiram efeito depois da entrada de Nemanja Matic, o sérvio do United, aos 89 minutos, fez um passe para Lingard, que chutou colocado e virou o jogo.

Por respeito pelo ‘ex-clube’, Lingard não comemorou, mas foi abraçado por todos e levou a torcida do United ao delírio. Parecia o final perfeito, mas o jogo ainda não estava encerrado.

Nos acréscimos, o West Ham não desistiu e em um cruzamento para área, a bola bateu no braço de Luke Shaw, o juiz apontou para a marca da grande área. O VAR chegou a ser acionado e confirmou a marcação de pênalti.

David Moyes, técnico do West Ham, resolveu colocar Noble apenas para bater o pênalti. Os ânimos se estremeceram no London Stadium, de um lado De Gea, um grande arqueiro, mas sem tradição de ser um pegador de penalidades e de outro, o batedor oficial dos hammers.

Quando o árbitro apitou, Noble correu para bola e David De Gea salvou o dia do Manchester United mais uma vez. A última vez que o goleiro espanhol pegou um pênalti foi em 2016, em um jogo válido pela FA Cup contra o Everton. 

Na última temporada na final da Liga Europa contra o Villareal, De Gea foi duramente criticado pelos torcedores por não ter pego nenhum pênalti e por não converter a própria cobrança.

Com a vitória, o Manchester United soma 13 pontos, mesmo número do Chelsea, mas pelo critério de desempate vai para terceiro lugar da Premier League. Na quarta, os Diabos Vermelhos voltam a enfrentar os Hammers, agora será em uma partida válida pela Copa da Liga Inglesa.

Apesar da defesa de David De Gea, Cristiano Ronaldo foi eleito o ‘Man of the Match’    

Surpresas e Resultados da Rodada

A rodada teve a derrota do Everton para o Aston Villa. Os azuis de Liverpool tomaram 3 gols em nove minutos no segundo tempo e não conseguiram esboçar nenhuma reação. 

O Brighton conseguiu vencer por 2 a 1 o Leicester e assumiu o quarto lugar na tabela da Premier League. O Manchester City não saiu do 0 a 0 em casa contra o Southampton. E o Liverpool assumiu a vice-liderança do campeonato após a vitória de 3 a 0 em cima do Crystal Palace.

Na próxima semana, os reds enfrentam o Brentford, time que subiu para a Premier League nesta temporada e que começou a temporada vencendo o Arsenal. O Everton joga contra o Norwich, podendo ser o jogo da recuperação do time de Rafa Benítez.  

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?