fbpx

Mundial de Clubes: Palmeiras é eliminado pelo Tigres que pega o Bayern na final

Palmeiras perde a chance do título inédito no torneio. Alviverde disputa o terceiro lugar na quinta-feira (11), enquanto o Bayern vai em busca do tetra

O Mundial de Clubes da Fifa movimentou o mundo do futebol nos últimos dias. O Palmeiras foi ao Catar em busca do título inédito* após sair da fila da Libertadores. Contudo, assim como no jogo de volta com o River e na final contra o Santos o time não jogou bem contra o Tigres. O Porco tomou pressão desde o início do jogo contra os mexicanos. Se não fosse pelas defesas espetaculares do goleiro Weverton teria sido uma goleada já no primeiro tempo.

O Palmeiras chegou a esboçar uma reação no primeiro período, porém pecava na assistência para deixar um dos atacantes em condições de marcar o gol. O time parecia um pouco nervoso e ansioso dentro de campo, o que acabou afetando no desempenho individual e no coletivo. Com o passar do tempo, o Palmeiras passou a forçar a ligação direta em busca do gol, o que não aconteceu.

Jogo decidido no detalhe

Mesmo com esse ensaio de reação, o domínio do jogo ficou na conta do Tigres, que criava boas chances, mas parava nas mãos do paradão alviverde. No segundo tempo não foi muito diferente, logo no início, aos seis minutos, o zagueiro Luan fez um pênalti infantil em Gonzales. Dessa vez, o artilheiro francês, Gignac, fez o gol, mesmo com Weverton acertando o canto, e abriu o placar para a equipe comandada pelo brasileiro Tuca Ferreti

Abel Ferreira começou uma série de mudanças na equipe após sofrer o gol. A mudança de sangue deu mais energia ao time que conseguiu criar algumas chances na segunda etapa. A melhor delas foi com Luiz Adriano, aos 31. Após receber um belo passe de Willian, o atacante acabou furando e desperdiçou a melhor chance do time no jogo. Os brasileiros tentaram arriscar de fora da área, mas de nada adiantou. 

Deu a lógica

O Bayern de Munique enfrentou o Al-Ahly e, como já era esperado, ganhou com facilidade. O jogo ficou 2 a 0 para os alemães e o protagonismo ficou na conta do atual melhor jogador do mundo: Robert Lewandowski. O “polonês voador” marcou os dois gols e garantiu a vitória. A partida em si foi fraca, devido a grande diferença de nível técnico com a equipe egípcia.

O Al-Ahly conseguiu uma boa chance de gol somente aos 20 minutos da primeira etapa. Enquanto isso, o Bayer dominava o jogo com bom percentual de posse de bola e com a criação de inúmeras chances desperdiçadas, por isso o placar magro.

Agora, os bávaros enfrentam os mexicanos, na quinta-feira (11), em busca do tetracampeonato mundial. A partida acontecerá no mesmo dia da disputa do terceiro lugar, porém será as 15h, enquanto o embate para definir o bronze será às 12h – tudo no horário de Brasília, no SporTV.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?