Mergulho interno ajuda a ampliar nossa capacidade para o diálogo

Chegamos à temporada de Escorpião no dia 22 de outubro, quando o Sol chegou ao oitavo signo do Zodíaco. O mergulho nas nossas motivações e desejos mais profundos pode ser feito com alguma facilidade, ainda que não signifique que vamos gostar ou admirar o que encontramos lá no fundo. Pode ser mesmo o caso de que nos assustemos ou nos horrorizemos com as nossas próprias pulsões.

Encarar a presença delas, contudo, pode ser um exercício interessante de conscientização de nossos limites humanos. E ao percebermos esses limites em nós, talvez fique mais fácil conviver com os limites externos de forma menos conturbada e hostil. O processo de autoconhecimento tem exatamente esse objetivo, aliás.

Na quarta (28/10), ao mesmo tempo em que Vênus chega ao signo de Libra, Mercúrio em retrogradação retorna para esse signo. Isso significa que a semana pode trazer uma oportunidade de revermos o nosso próprio discurso, em busca de mais equilíbrio e harmonia na forma como interagimos uns com os outros.

A justiça e a beleza se impõem como valores importantes de Libra. Assim, podemos nos sentir compelidos a buscá-las em nossos diálogos com os outros, por meio da poesia e da negociação. Ou vamos rejeitar formas de comunicação e aprendizagem que pareçam injustas, desequilibradas ou exageradamente conflitivas.

Ruptura no pertencimento?

No último dia do mês, às 11h48 de Brasília, a Lua Cheia em Touro ativa nossos sentimentos de pertencimento, coletivo ou familiar, enquanto algumas ações destrutivas ou impactantes podem acontecer, especialmente no plano público e relativo às autoridades oficiais.

Acontecimentos inesperados, que rompam com a imagem que temos de nós mesmos enquanto Nação, são uma possibilidade de expressão da energia lunar colocada junto ao Fundo do Céu em exata conjunção com Urano para o Brasil. Uma combinação exacerbada pelo ascendente aquariano da Lua Cheia, que representa um potencial interessante de inovação e originalidade, mas também uma pressão para que o coletivo se manifeste de formas disruptivas de algum modo.

Ao mesmo tempo, a quadratura de Mercúrio em Libra com Saturno em Capricórnio pode indicar que as nossas tentativas de negociação, diálogo e entendimento estão dificultadas por algum poder autoritário ou exageradamente tradicional. É tempo de tentar resolver os conflitos por meio da conversa, ainda que nem todos os participantes consigam se alinhar ao processo de forma tranquila.

Novas formas de cura

Desde o momento da Lua Cheia Vênus em Libra estará em oposição a Quíron em Áries. O aspecto será exato no dia 2 de novembro e pode nos trazer a oportunidade de modificar nossas ações, buscando curar antigas feridas e resolver questões problemáticas do passado para maior amorosidade em nossos relacionamentos. É um bom período, portanto, para encontrar a cura de formas inovadoras.

Se precisar pedir desculpas por alguma ação da qual se arrependeu, esse é o momento ideal. A energia pode ser aproveitada para desenvolver novas formas de agir mais integradas aos seus próprios valores. Afinal, sua percepção de seus relacionamentos pode ser mais clara, assim como o dimensionamento do impacto de suas ações sobre os outros.

Finalmente, no dia 4 de novembro Mercúrio volta ao movimento direto, permitindo que as reflexões e revisões realizadas durante sua retrogradação possam ser colocadas em prática a fim de nortear nossa interação com os outros. As descobertas sobre nós mesmos feitas nesse período podem nos ajudar a comunicar nossas verdades com mais equilíbrio e respeito pelos outros.

O céu nos brinda com essa energia, mas precisamos saber aproveitar o momento. Bom diálogo para todos nós!

Quer saber mais sobre Mercúrio? Clica aqui.
Mais informações sobre Vênus você encontra aqui.
Urano em Touro está aqui.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?