A maior mudança do Marketing já começou. Entenda o que mudou. [Consultório de marketing]

Em qualquer universidade que se aborda o conceito de Marketing chegará ao famoso 4P’s do Marketing que se tornou popular através de Philip Kotler: Produto, praça, preço e promoção.

Infelizmente a visão “simplista” ainda permanece em muitos professores universitários e não exploram diversos dos “novos” mecanismos de Marketing que surgiram após esse difundido pelo autor bestseller.

A transformação do Marketing se aprofundou através das mudanças trazidas pelo Digital, no livro de David Meerman Scott, Marketing e Comunicação na Era Digital, o autor aborda algumas das mudanças introduzidas por meio da expansão da influência da internet.

Sendo destacado o poder dos blogs e influenciadores, pessoas “comuns” que se tornaram referências por meio do conteúdo que distribuem, retirando o controle midiático que os grandes jornais possuíam e colocando na mão do povo, assim como disseminando as informações pela rede.

Tudo isso não aconteceu por acaso, o comportamento de compra do consumidor mudou ao longo do tempo e o que anos atrás era motivo de muita desconfiança, hoje é comum, a compra pela internet.

Muito mais do que comum, compramos até mesmo da China e provavelmente se falassem a 20 anos atrás que você iria cadastrar seu cartão em um site e compraria algo do outro lado do mundo pra entregar na sua casa provavelmente você seria visto como um lunático.

Essas mudanças transformaram a forma de se divulgar qualquer produto e quando se pensa em praça, vai muito além do “público-alvo” e as marcas passaram a falar com “João”, “Luísa” e outros nomes dados às suas personas compradoras.

A persona também evoluiu e passou a ser criada com base em dados dos consumidores reais, através do conceito de Data Driven Marketing, assim perfis de compradores fictícios são criados para serem os alvos das comunicações.

O produto foi transformado e no meio digital surgiu uma metodologia de crescimento das empresas com base no que os consumidores estão utilizando, o Product Led Growth, metodologia que busca gerar a aquisição de clientes por meio do uso do produto.

Quem nunca utilizou um aplicativo gratuito que possui uma versão paga com mais funcionalidades? Pois é, em muitos deles essa estratégia é aplicada e busca converter o usuário da versão gratuita para aquela que gera mais receita para a empresa.

Outra palavra que começou a brilhar no mundo da inovação é o Growth, que alguns conhecem por Growth Marketing e outros por Growth Hacking, sendo conceitos diferentes e que se confundem.

Enquanto o Growth Marketing se trata da metodologia de crescimento com base em dados, em que se utiliza estratégias de testes, que conduzem a aprendizado e validam ou invalidam os experimentos realizados. Podendo envolver toda a empresa e gerar uma cultura com base em experimentação e dados.

Já o Growth Hacking normalmente é definido como a estratégia utilizada para obter um salto de crescimento, descobrindo formas não convencionais de gerarem esse crescimento da empresa ou do produto.

Se você quer continuar a aprender sobre as mudanças que o marketing vem sofrendo e como aproveitar e aplicar no seu negócio esses aprendizados continue a acompanhar essa coluna semanalmente e você poderá descobrir como obter o melhor resultado em suas campanhas de marketing.

Sigam o autor  Instagram @washingtondcoutinho   e no LinkedIn @washingtoncoutinho

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?