Ocupação Horizontal celebra o Dia do Trabalhador

horizontal
Seu Estrelo, uma das atrações do festejo. Foto: Isaac Nunes

No dia 1º de maio, Ocupação Horizontal promove um festejo virtual com a participação de Seu Estrelo e Martinha do Coco

Ocupação Horizontal do Complexo Cultural de Planaltina vai chegando ao fim, mas para celebrar o encerramento das atividades, o grupo preparou um festejo virtual com a presença de grandes mestres e mestras da cultura popular. A festa será um momento para celebrar os trabalhadores e agentes culturais.

O projeto promoveu diversas vídeo-aulas, e os artistas presentes nas atividades estarão no vídeo que marca o festejo virtual, que estará no ar no próximo sábado, (1), às 17h no canal da Ocupação Horizontal. A escolha da data foi proposital, uma oportunidade para homenagear os trabalhadores da cultura, que precisaram se reinventar e resistir durante a pandemia.

O idealizador e coordenador geral, Rodrigo Werneck, contou que todo o processo de realização do projeto foi desafiador. “Tivemos que nos reinventar em todos os momentos. Fomos desafiados a descobrir novas possibilidades de como fazer arte e de como continuar no meio de uma pandemia, respeitando mestres e mestras e prezando pela saúde de cada um.  O que foi pensado para acontecer de maneira simples, em uma sala de aula, teve que migrar para as telas. Contudo, conseguimos transformar esses conhecimentos em produções audiovisuais e transmitir um pouco dos saberes e fazeres de grandes nomes de nossa cultura popular”, disse.

As oficinas gratuitas do projeto seguem disponíveis no canal, então, quem quiser rever ou conferir poderá ver as atividades ministradas pela pandeirista Larissa Umaytá e pelos artistas Mário Jorge e o Mestre Barrabás.

O tradutor Virgílio Soares, ministrante da oficina de “Tradução de Libras Na Cultura Popular”, que também permanece acessível, foi responsável por toda a tradução do festejo. Muito além das palavras, a sua interpretação traduziu ritmos. Ao longo de mais de 30h de gravação, o trabalho incansável de Virgílio se destaca pela energia empregada na interpretação de cada apresentação.

“Participar do Projeto Ocupação Horizontal me provocou uma mudança paradigmática do fazer tradutório. Um trabalho que me remete às experiências coletivas de terreiro de candomblé, forjada na coletividade, unindo as inúmeras frentes de trabalho. Desde os artistas, corpo técnico, cinegrafistas, e inúmeros consultores que trouxeram significados mais precisos à compreensão de cada enunciação contribuindo direta ou indiretamente com o resultado de cada escolha tradutória. Sou só agradecimento a todos os envolvidos por tudo isso. Um Salve mais profundo de minha alma a cultura popular e a esse fazer artístico que encoraja, emancipa e liberta”, celebra Virgílio.

Confira programação:

  • Comboio percussivo – tambores afro mineiros, samba-reggae, afoxé e pop.
  • Seu Estrelo – samba pisado.
  • Maracatu Leão da Campina – nação de Maracatu.
  • Martinha do Coco – coco de roda, samba de coco, coco do cerrado.
  • Tambor de crioula do Mestre Chico Macedo.

Festejo de encerramento Ocupação Horizontal
Data: 01/04.
Horário: 17h.
Local: Canal Ocupação Horizontal – https://www.youtube.com/channel/UC1azpPH664_7EiAs87UvnNw

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?