fbpx

A tendência dos escritórios híbridos

tendência
A cabine telefônica é disponibilizada para que os funcionários tenham um ambiente adequado e privativo para video-chamadas. Foto: divulgação

Com tantas influências da pandemia na forma de trabalho, o modelo híbrido vem se mostrando uma tendência

Após grandes mudanças na forma de trabalho, causadas pelo período pandêmico, o modelo híbrido aparece como uma tendência. De acordo com a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise Covid-19, feita pela Fundação Instituto de Administração (FIA), 46% das empresas estão mesclando entre o trabalho presencial e home office. Pensando nisso, Paulo Júnior, arquiteto especialista em ambientes de trabalho de alta performance, fala sobre os impactos dessas mudanças em termos de ambientação.

Nas palavras do profissional: “deve-se pensar bem nas características da empresa, como o perfil dos colaboradores e suas necessidades diárias. Por isso, a importância de um acompanhamento profissional qualificado para auxiliar a empresa a pensar neste modelo híbrido. Essa visão global passa por iluminação, cenário, mobiliário, mas também por acolher e integrar os colaboradores que estarão em casa e no escritório – inclusive os clientes”.

Além disso, levando em consideração que a necessidade de adequação ao modelo híbrido de trabalho veio para ficar, Paulo acredita que uma boa aposta para os ambientes de trabalho, no momento, é levar em consideração os objetivos da empresa e as tendências atuais, sejam estas: espaços integrados, boa iluminação e distanciamento social.

Outra tendência que demonstra a flexibilização dos escritórios, observada pelo arquiteto, é a de cada vez mais os locais investirem em salas de descompressão, locais em que os colaboradores possam se desconectar do trabalho e aliviar a tensão, tendo um momento de relaxamento que mais tarde poderá resultar em maior produtividade e foco. A criatividade para esses ambientes é ilimitada, podendo oferecer jogos e locais de leitura.

Dentre as estratégias adotadas pelo escritório de Paulo, uma tendência adotada foi a implementação de espaços exclusivos para reuniões virtuais, chamados “Phone Booth”. O Phone Booth criado pela quadoo.br, empresa a qual o arquiteto exerce a função de CEO, é higienizado através de um aparelho acoplado ao equipamento. “Assim, proporcionará segurança para todos os usuários da empresa”.

Em virtude da pandemia, o especialista também aponta que até mesmo os acabamentos, como pisos e mobiliários, estão sendo revisados para se adequarem às questões de limpeza e higiene.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?