fbpx

Mundial de Clubes 2021: Abu Dhabi sediará a próxima edição

Com dois clubes brasileiros na final da Libertadores, Palmeiras e Flamengo, já é certeza que o Brasil terá representante no torneio

Mundial de Clubes, Mundial de Clubes 2022, futebol, esportes
Taça do Mundial de clubes – Foto: Divulgação

Na última semana, a Fifa anunciou que Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes, receberá o Mundial de Clubes 2021. O campeonato ainda não teve a agenda confirmada, mas está previsto para acontecer em fevereiro de 2022.

O representante da América do Sul no Mundial será definido na final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo, no dia 27 de novembro, no estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai. As equipes que defenderão a Ásia e o país-sede também não foram definidos, assim como o time da Concaf, que é a confederação que engloba as Américas Central, do Norte e o Caribe.

O atual campeão da Uefa Champions League, Chelsea (Inglaterra), será o representante europeu. Enquanto isso, a Oceania terá o retorno do Auckland City (Nova Zelândia). Na temporada anterior, o clube recusou jogar a competição para respeitar as medidas de isolamento social impostas no país. O representante africano é um velho conhecido dos Brasil: Al-Ahly (Egito).

Rio descartado

Devido a pandemia do coronavírus (Covid-19), o Japão abriu mão de ser o país-sede do Mundial de Clubes. Sabendo da brecha, a prefeitura do Rio de Janeiro chegou a cogitar a possibilidade de trazer o Mundial para o Brasil, a África do Sul se candidatou formalmente, mas a Fifa escolheu se interessou de fato pela proposta dos Emirados Árabes. O atual campeão do Mundial de clubes é o Bayern de Munique (Alemanha).

Última edição do torneio?

A Fifa não conseguiu implementar o novo formato do Mundial de Clubes com 24 equipes participantes com disputas de quatro em quatro anos. O motivo: a pandemia adiou o projeto novamente. Com isso, fica a dúvida se haverá mais edições.

Brasil no páreo 

A única certeza é de que o Chelsea não tem o título da competição e perdeu para um brasileiro em 2012. Inclusive, o título do Corinthians foi o último do Brasil e o gol marcado por Paolo Guerrero foi a última vez que um clube brasileiro marcou contra os europeus. Será que esse tabu cai na próxima edição?

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?