fbpx

Medalha celebra os 70 anos do Mundial do Palmeiras

Foto: Arquivo Nacional

Medalha é uma homenagem ao primeiro título Mundial da história do futebol, conquistado pelo alviverde em 1951

Foi em 22 de julho de 1951, com o estádio do Maracanã lotado, que os torcedores do Palmeiras assistiram, pela primeira vez na história do futebol, a uma final de um Campeonato Mundial Interclubes. Era a segunda partida decisiva, contra a Juventus da Itália. Os alviverdes haviam derrotado o adversário no jogo anterior. Um empate na segunda partida garantiu a conquista internacional e o título memorável.

Aquele dia ficou marcado no coração dos palestrinos, quando mais de um milhão de pessoas desfilaram nas ruas de São Paulo para receber os jogadores intitulados “Campeões do Mundo”. Este ano o marco histórico completa 70 anos e para celebrar, a Casa da Moeda do Brasil lança hoje a Medalha Comemorativa em ouro ativo financeiro, prata, bronze e cuproníquel do título palmeirense. Os valores variam de R$ 60 a R$ 12.900.

O ativo financeiro ouro é uma oportunidade de investimento especial para colecionadores, já que as medalhas terão tiragem limitada e exclusiva a 70 exemplares. Já as unidades em cuproníquel, com preços populares, serão comercializadas acompanhadas de um cartão exclusivo da coleção.

Todas as peças lançadas serão numeradas, com certificado e tiragem limitada e podem ser adquiridas exclusivamente através do site oficial da CMB (https://www.clubedamedalha.com.br).

A cerimônia de descaracterização do par de cunhos original da Medalha foi realizada na última terça-feira (20) pelo Presidente da Casa da Moeda do Brasil, Hugo Cavalcante Nogueira, e o Presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, na sede do time, em São Paulo.

“A descaracterização das matrizes das medalhas é um evento de suma importância, pois garantimos a originalidade e o limite de produção. Oficialmente, todas as medalhas fazem parte, a partir deste momento, do acervo do Palmeiras, eternizando o marco histórico dos 70 anos do título.”, explica o presidente da CMB.

“Essa homenagem ao maior título da história do Palmeiras, que é o título do Mundial de 51, é um produto que nos deixa muito orgulhosos”, completa o presidente Maurício Galiotte.

Esta é a segunda vez que Palmeiras e Casa da Moeda realizam parceria para a produção de medalhas. Em 2014, ano do centenário do clube, foram produzidas unidades em comemoração à data, e os produtos se esgotaram em apenas sete dias.

Características da medalha
Ouro:
70 unidades
Diâmetro: 32,7 mm
Valor: R$ 12.900,00

Prata: 300 unidades
Diâmetro: 40 mm
Valor: R$ 560,00

Bronze: 700 unidades
Diâmetro: 40 mm
Valor: R$ 145,00

Cuproníquel: 2.500 unidades
Diâmetro: 30 mm
Valor: R$ 60,00

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?