fbpx

Inclusivo: #protagonista distribuirá 100 bolsas de estudo

O movimento Black Lives Matter segue pulsante em todo mundo, mas Juliano Pereira, diretor da Digital House, queria ir além da hashtag e das postagens nas redes sociais. Assim, surgiu o #protagonista que concederá 100 bolsas de estudo exclusivo para pessoas negras, pardas e indígenas de território nacional. Os selecionados poderão fazer o curso de marketing digital da escola. 

As inscrições para o programa começam nesta segunda-feira (17) e vão até o dia 14 de setembro. O objetivo não é a apenas a capacitação, mas conectar os participantes com o mercado de trabalho.

#protagonista
Foto: Juliano Pereira

“Nosso formato de curso será 100% remoto para atender a todos que estão buscando esta carreira”, declara  Juliano Pereira, diretor executivo na Digital House. Ele, que viveu e presenciou situações de preconceito, afirma ter encontrado na Digital House um espaço para discutir o racismo e ajudar outras pessoas profissionalmente. “A gente ainda tem poucas referências de liderança negras no Brasil, então precisamos ir muito além do que uma postagem nas redes sociais. A iniciativa reforça nosso propósito de transformar a vida das pessoas através da educação”, comenta Juliano, em referência ao movimento Black Lives Matter. 

Processo seletivo do #protagonista

O #protagonista oferecerá 100 bolsas de estudos por ordem de desempenho no processo seletivo. Os 15 primeiros contarão com 100% de desconto; do 16º até 30º 85%; 31º até 50º de 70% e 60% para quem se classificar de 51º até 100º.

Os inscritos passarão por três fases de processo seletivo. A primeira será um teste de lógica, no qual  cada candidato precisará acertar um determinado número de questões. Já a segunda fase oferecerá uma parte introdutória do curso e desafios sobre o tema. Encerrando o processo, os candidatos, de maneira individual, participarão de uma entrevista de 10 minutos com os membros da Digital House.

Edney Souza, diretor acadêmico da Digital House, explica que os alunos bolsistas não receberão tratamento diferenciado se comparados aos alunos que pagam integralmente o curso. “Os estudantes do programa estarão em classes regulares e, para garantir a igualdade de tratamento, os professores não saberão quais alunos são bolsistas durante e mesmo após o curso. Além de todos os materiais e aulas, eles também contarão com o nosso acompanhamento de carreira para crescerem como profissionais”, finaliza.

Para mais informações sobre o programa, acesse: https://www.digitalhouse.com/br/acoes/protagonistas

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?