Startup de Brasília cria modo de entrega solidária para quem não pode sair de casa

Foto: RoseBox رز باکس – Unsplash

Em tempos de isolamento social por conta do coronavírus, a solidariedade se torna uma atitude fundamental. Com o foco na ajuda ao próximo, seja a pessoas do grupo de risco ou aos que não conseguem sair de casa, a OiTO, startup de Brasília, criou uma modalidade do bem na plataforma dela: a “entrega solidária”.

A opção funciona da seguinte forma: a pessoa que pode sair de casa se desloca e realiza a compra para quem não pode sair de casa. O serviço de entrega é gratuito, quem solicita o serviço paga apenas o produto requisitado, e o resultado é a criação de novas conexões e de uma rede do bem.

Philipe Leite Bueno, 30 anos, já era usuário da plataforma da OiTO e começou a realizar entregas solidárias na vizinhança. O morador de Diadema, São Paulo, conta que “vi a opção (entrega solidária) e já que não sou medico, nem enfermeiro, pensei em ajudar de alguma outra forma. Como eu já vou no mercado, padaria, etc… Por que não ajudar alguém que corre um risco maior indo nesses mesmos lugares?”.

Até então, Philipe já realizou entregas solidárias para duas senhoras, uma de 100 anos e a outra de 62 anos. Ele acredita na segurança que a plataforma oferece aos usuários, seja para o prestador do serviço, ou seja para o contratante. Além disso, o sistema funciona de forma intuitiva e fácil de usar. “A plataforma ajuda na segurança tanto minha quanto da outra pessoa, garantindo que não é nenhum tipo de golpe. Elas (as duas senhoras) mesmo que acionaram a plataforma e falaram comigo através do chat do site. Eu acho bem simples e hoje todo mundo esta conectado”, relata Philipe.

Todas as conversas acontecem dentro da plataforma da OiTO, e os pedidos e entregas são combinadas entre os usuários. Quem solicita a compra realiza o pagamento diretamente para o entregador, que apresenta a nota fiscal na hora da entrega. E aí vale usar métodos digitais, como PicPay ou transferência bancária. Com o serviço concluído, o solicitante pode fazer uma avaliação, que fica disponível para outros usuários, o Philipe, por exemplo, já tem cinco estrelas no perfil dele no site.

A Plataforma

Foto: Karine Gonzaga, CEO da OiTO

A OiTO é uma plataforma em que profissionais oferecem serviços diversos, e as pessoas podem fazer a contratação, entre eles estão: personal trainer, psicólogo, nutricionista e serviços gerais. Atualmente, são mais de 3 mil pessoas cadastradas, a plataforma funciona em todo país, no entanto, o Distrito Federal e a Região Sudeste apresentam mais usuários.

Com o avanço do coronavírus houve um aumento de  35% na quantidade de profissionais cadastrados, principalmente profissionais de serviços gerais como limpeza, manutenção e segurança.

Os supermercados e farmácias estão investindo no e-commerce e na opção delivery, mas “a vantagem (de usar a plataforma OiTO) é ter algo mais ‘pessoal’ com quem oferece os serviços. Não é somente solicitar que a pessoa faça uma entrega, mas no caso do Shopper, por exemplo, é estabelecer uma comunicação onde o Shopper escolhe o produto exatamente do jeito que o cliente quer. Alguém 100% preocupado em ajudar e em entregar o que efetivamente os clientes solicitam”. afirma Karine Gonzaga, CEO da OiTO.

Além da entrega solidária, em que o serviço de entrega é realizado de forma gratuita, a startup criou a opção shopper, sendo um serviço pago, Karine explica que “no caso do Shopper, você negocia com ele o preço da entrega e passa a lista de compras via chat da OiTO. O pagamento pode ser feito diretamente para o Shopper no momento da entrega ou via plataformas de pagamentos online”.

 

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?