fbpx

Aborto é legalizado na Argentina

A pauta foi aprovada hoje com 38 votos a 29 e uma abstenção

Foto: Agustin Marcarian/Reuters

Nesta quarta-feira (30), o Senado da Argentina aprovou a legalização do aborto. Após uma longa sessão de debates sobre o tema durante a noite, ocorreu a votação da então nova lei.

O placar foi apertado: 8 votos a 29 e uma abstenção. Com isso, o Senado aprovou a proposta do governo para permitir a interrupção da gravidez até a 14ª semana de gestação. Vale lembrar que a Câmara dos Deputados já havia acenado positivamente para a medida em novembro.

Alberto Fernández, presidente da Argentina, se posicionou sobre a decisão e reiterou que esta lei expande os direitos das mulheres.  “O aborto seguro, legal e livre é lei. Hoje somos uma sociedade melhor que amplia os direitos das mulheres e garante a saúde pública”.

Quais países legalizaram o aborto na América do Sul?

Os nossos “hermanos” são um dos primeiros precursores dessa iniciativa na América do Sul. O aborto já era permitido, em caso de vontade da mulher, em Cuba, no Uruguai e em algumas regiões do México.

*Com informações de Agência Brasil

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?