A solidariedade se multiplica em tempos de coronavírus. Veja como fazer parte e ajudar estas iniciativas do bem

#cufacontraovirus, entrega de cestas. Foto: Thata Yllana


A solidariedade é uma resposta natural do ser humano em tempos de crise, diz o especialista. São inúmeras campanhas que estão ajudando quem precisa neste momento de pandemia e aproveitamos para listar algumas destas iniciativas. Vamos fazer parte desta corrente do bem?

O cuidado com o próximo segue sendo uma tendência nestes tempos de coronavírus. Inúmeras famílias em todo o país foram afetadas com a paralisação das atividades econômicas e neste momento, a solidariedade se mostra fundamental. 

No Distrito Federal, escolas, artistas, empresas, grupo de voluntários estão formando uma corrente do bem para ajudar o próximo. São inúmeras iniciativas de arrecadação de alimentos, produtos de higiene e agora, com a chegada do frio, outra preocupação é doar agasalhos e cobertores para quem precisa.

Em um cenário de incertezas, o cuidado com o próximo se torna uma ação natural e esperada, como explica Fabrício Nogueira, coach, hipnoterapeuta e especialista em inteligência espiritual. Com base em diversas áreas da Ciência como como Sociologia, Psicologia e até a Neurociência, ele argumenta que “o ser humano é um todo e ele possui características comuns entre todos os seres humanos. Uma delas é o cuidado com o outro diante de situações delicadas”.

Foto: Fabrício Nogueira. Divulgação.

Para o especialista, a organização entre seres humanos, que começou com a formação da família, passando pelas tribos e resultando nas cidades garantiu a existência neste mundo. Graças a esse arranjo, a vida pode sobreviver a certos perigos, como medo dos predadores.

No entanto, as novas eras trazem novos perigos para a humanidade e “as ameaças nos unem”. O coronavírus trouxe este cenário de incerteza e a reação é a multiplicação das ações solidárias e o desejo de ajudar o próximo. 

Nogueira acredita que as ações de solidariedade são intensificadas durante situações de crise, mas elas não se limitam a estes períodos. O especialista aproveita para destacar que a pandemia igualou as pessoas de alguma forma, e este momento é “importante que as pessoas se coloquem à disposição e permite ser útil neste momento colocar-se ao serviço do outro”, disse.

Ele ainda entende que o coronavírus veio “para que sejamos cada vez melhores, para pausar um pouco e talvez até passar uma marcha-ré, nessa estrada da vida que nos tem levado a um excesso de individualismo ou de egocentrismo. E adiantarmos uma outra marcha, a marcha da coletividade, na qual conseguimos olhar uns para os outros e conseguimos nos sentir felizes com a existência dos outros. Por isso, buscar juntos saúde coletiva e felicidade coletiva”, finalizou Fabrício Nogueira.

Sendo assim, se você quer entrar nesta corrente de solidariedade, aproveite e algumas iniciativas solidárias aqui no DF.

Aqueça a Esperança

A campanha organizada pelo Instituto Dana Salomão está arrecadando cobertores, agasalhos para doar para pessoas em situação de rua ou vulnerabilidade. Para fazer a doação, basta enviar uma mensagem ao Instituto pelo Facebook ou Instagram, para facilitar, a equipe busca as doações de quem puder ajudar. 

As entregas dos donativos estão sendo feitas em Samambaia, Estrutural, Ceilândia e P. Sul.

O Semeador

O Semeador está doando cestas básicas para moradores da Estrutural. A meta é entregar 300 cestas básicas para as famílias da região. A ajuda pode ser financeira, com uma transferência bancária, ou com a doação de alimentos. 

Para doar alimentos ou cesta básica, basta entrar em contato com a equipe do Irmão Semeador pelo Facebook, pois eles têm a disponibilidade de buscar a doação. Quem preferir também pode comprar uma cesta básica no Supermercado Veneza, do Cruzeiro Velho, e deixar anotado no  caderno do Semeador no balcão do estabelecimento 

Dados bancários – O Semeador
Banco do Brasil
Agência: 3600-5
Conta Corrente: 900049-6
CNPJ: 10.951.818/0001-43

Cufa-DF

A Central Única das Favelas (Cufa) lançou a campanha  #cufacontraovirus no final de abril, e até então, a ação conseguiu atender mais de 10 mil famílias e arrecadar mais de 90 toneladas de alimentos. O sucesso possibilitou a ampliação das regiões atendidas. Agora, no total, 40 regiões administrativas do DF e entorno estão recebendo o auxílio.

A campanha não tem data para terminar, o presidente da Cufa, Bruno Kressler, relata que “tivemos um número bastante grande de doações, tanto de pessoas comuns que estão ajudando como podem, muitas vezes com o básico, como de empresas e instituições. O resultado da campanha tem sido muito positivo e estamos conseguindo atender muitas famílias que estão passando por necessidades. Porém, o número de pessoas que entram em contato para pedir ajuda tem sido ainda maior”.

Como ajudar a campanha da Cufa? Para a doação de alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e higiene basta entrar em contato com os números: (61) 98601-5960 – whatsapp – ou (61) 99575-0770. As doações em dinheiro podem ser feitas por meio de transferência para a conta:

Banco do Brasil
Ag: 2895-9
Conta:401180-5
As. Cresce-DF
CNPJ: 08.466.173/0001-01

 

Foto dos voluntários do Coletivação na campanha realizada no Natal de 2019

Coletivação

Grupo de Ceilândia que realiza um trabalho de assistência há três anos a pessoas em situação de rua. Durante a pandemia, o Coletivação está distribuindo lanches, uma média de 60 por noite, a ação é feita de segunda a sábado. Além disso, o grupo está promovendo uma campanha do agasalho.

Quem quiser ajudar pode ser voluntário na distribuição dos lanches ou doar roupas, em especial agasalhos ou ainda, contribuir financeiramente com as campanhas do grupo. 

Para saber mais basta entrar em contato com o Coletivação pelo Instagram

BSB Invísivel

Criado em julho de 2018, o coletivo BSB Invisível está promovendo diversas campanhas neste momento de crise de saúde pública. O grupo está arrecadando alimentos, agasalhos, cobertores, cesta básica, marmitas, máscaras e material de higiene. As entregas acontecem todos os sábados.

A ONG tem pontos de recolhimento de doações no Plano Piloto, Lago Norte e Lago Sul, Park Way, Águas Claras e Taguatinga. As entregas estão sendo destinadas a pessoas em situação de rua. 

Na próxima quinta-feira (14), graças a parceria com o Outback, será realizada a distribuição de 300 refeições. Os voluntários deverão passar pela Rodoviária, Setor Comercial Sul e outros pontos no Plano Piloto

Para ajudar a BSB Invísivel, basta entrar em contato com a organização pelo Instagram (https://www.instagram.com/bsbinvisivel_/), ou ainda, realizar um depósito na conta do coletivo, seguem os dados:
Maria Clara Andrade Baqui
Banco 20 – Nu Pagamento S.A
Agência: 0001
Conta: 1329983-7

Coletivo da Cidade

A campanha de doação organizada pelo Coletivo da Cidade visa  arrecadar alimentos, mantimentos e remédios para distribuir a famílias mais vulneráveis na Cidade Estrutural. Além disso, a campanha também aceita e prefere doação em dinheiro por dois motivos: para evitar a contaminação e para movimentar a economia local.

Para doar mantimentos, visite o link e preencha o formulário. bit.ly/3dnliTl. Já as contribuições em dinheiro podem ser depositadas na conta do Coletivo da Cidade:

Banco do Brasil
Agência: 1507-5
Conta: 59563-2
CNPJ: 16.482.372/0001-31

Corrente da Solidariedade

No primeiro mês de trabalho, a Corrente de Solidariedade conseguiu arrecadar mais de 1100 cestas básicas que atenderam mais de 4600 pessoas. O grupo segue buscando parcerias com instituições e coletivos no DF e no entorno, tudo para identificar quem realmente precisa. 

A Corrente já realizou entregas nas regiões do Gama, Brazlândia, Sobradinho I e II, Planaltina, Paranoá, Ceilândia, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Recanto das Emas, Riacho Fundo I e II, Candangolândia, Águas Claras, Plano Piloto, Taguatinga, Varjão, Itapoã, Fercal, Sol Nascente.  Levou ajuda também para famílias que moram fora do DF, nas cidades de Padre Bernardo,  Cidade Ocidental, Valparaíso.

O grupo está buscando ajuda financeira para seguir distribuindo as cestas, quem quiser ajudar pode depositar qualquer valor na conta do Corrente de Solidariedade:

Rubens Bias Pinto
CPF: 308.360.478-50
Nubank (Nu Pagamentos SA. banco número 260)
Ag 0001
CC 65369116-5

Quem fizer o depósito, o grupo solicita para que o comprovante seja enviado para o Rubens Bias, no número: (61) 981186296. A doação também pode ser feita por boleto, e para isto, basta entrar em contato com a Mel no (61) 85575029 e peça o valor que deseja doar. O grupo também pode ser encontrado via Instagram: https://www.instagram.com/correntedesolidariedadedf/. 

 

Restaurante doou 570 cestas básicas para o coletivo Pró Bem, estas deverão chegar a quatro creches na Estrutural

Pró Bem

O Pró Bem nasceu em 2015 e foi formado por amigas que entenderam a importância de formar um grupo que pense e cuide do coletivo. Atualmente, o Pró Bem conta com 55 pessoas que não param, especialmente agora, em tempos de pandemia. 

Marmitas distribuídas para pessoas em situação de rua pelo grupo Pró Bem

O grupo construiu uma rede do bem tanto para localizar e identificar quem precisa de ajuda como para encontrar parceiros que possam viabilizar as campanhas de doação.

As necessidades são diversas e assim, o grupo atua. Com o coronavírus, kits de higienização estão sendo montados para a distribuição posterior, além das cestas básicas, marmitas e cobertores e agasalhos.

Outra ação do grupo foi a doação de máscaras faciais, Simone Pessoa conta que “compramos 300 máscaras e recebemos mais 200. Além disso compramos tecidos e vimos a possibilidade de a própria comunidade fazer as máscaras de tecidos. Pois a demanda é grande”.

Ontem (12), foram entregues 50 Marmitas nas proximidades da Universidade Brasília, Campus da Asa Norte, e do Iate Clube. Ainda nesta semana, o Pró Bem recebeu 570 cestas básicas doadas pelo restaurante Caminito Parrilla. A doação irá beneficiar quatro creches da Cidade Estrutural.

Quem quiser ajudar, basta entrar em contato com o grupo pelo Instagram: https://www.instagram.com/probemsolidario/


Grupo Mulheres do Brasil

Comitê Social do Grupo Mulheres do Brasil DF está arrecadando itens de higiene pessoal para a montagem de kits, que serão distribuídos a pessoas que estão em situação de vulnerabilidade.

A ação #HigieneComCarinho é inciativa em parceria com o Instituto do Carinho e o Cartório JK. Na primeira etapa da campanha o objetivo é a montagem e entrega de 100 kits

As doações pode ser entregues no Drive-Thru Solidário do Cartório JK. Entrega de itens no Drive-Thru Solidário (9 às 17h), no Cartório JK, CRS 505 Bloco C W3 Sul, Asa Sul, Brasília/DF. As doações financeiras podem ser feitas pelo link: http://VAKA.ME/1026519

O grupo também realizou uma ação para a doação de máscaras faciais. A ação foi voltada para mães de pacientes, mulheres e crianças internadas em hospitais públicos e também, nos asilos. Veja a foto abaixo:


 

Colégio Sagrado Coração de Maria

O colégio está com a campanha Drive-Thru Solidário e convida a comunidade a doar gêneros alimentícios e produtos para higiene pessoal, como sabonete, pasta de dentes e máscaras — descartáveis ou reutilizáveis —, além de produtos de limpeza (principalmente, água sanitária e álcool em gel). 

A campanha acontecerá até o dia 22 de maio e a instituição escolheu ajudar a comunidade a comunidade de São Sebastião, onde o Colégio Sagrado Coração de Maria atua desde 2004 com atividades de filantropia por meio do Projeto Vida Pe. Gailhac. Além da organização da arrecadação, higienização e distribuição dos donativos, o Colégio propôs à comunidade escolar a união de forças para minimizar a ameaça de fome que ronda muitas casas da região. 

Para ajudar basta deixar a sua doação no drive da recepção principal do colégio. Horário de funcionamento: 8h às 18h, no endereço: Asa Norte, SGAN, quadra 702, conjunto C.

A instituição reforça que todos os itens doados são submetidos aos procedimentos de limpeza e desinfecção antes da distribuição para as famílias.


Doação de Sangue

As doações são fundamentais para manter os estoques da Fundação Hemocentro de Brasília. O agendamento é necessário antes de ir até o prédio do Hemocentro na Asa Norte.

Os números para realizar o agendamento os seguintes:

  • 160, opção 2
  • 0800 644 0160
  • (61) 3327-4447
  • (61) 3327-4413

Quem teve contato com pessoa diagnosticada ou com suspeita de coronavírus (Covid-19), assim como quem retornou de viagem internacional recente, fica impedido de doar sangue por 14 dias. Esse prazo também se aplica aos candidatos com febre ou sintomas respiratórios (tosse, irritação ou dor na garganta), após o desaparecimento completo desses sinais.

Veja se você está apto a doar sangue: http://www.hemocentro.df.gov.br/doacao-de-sangue/

Outras iniciativas

Live do Bem

O Bloco Eduardo e Mônica fez uma live e além de levar música e diversão para as pessoas, o grupo aproveitou para pedir doações de alimentos e itens de higiene. O resultado foi bastante positivo, a ação garantiu cerca de  500 kg em alimentos não perecíveis. 

A Cristolândia foi um dos projetos acolhidos pelo grupo e que recebeu doações. Localizado no P. Sul, o projeto auxilia na recuperação de dependentes químicos e ainda fornece refeições diárias a cerca de 300 famílias na região. O CEF 11, em Taguatinga, também recebeu parte dos alimentos. 

“Temos muito que agradecer a todos que acompanham o Bloco Eduardo e Mônica, nos apoiando e incentivando nossos projetos. Nesse momento de pandemia, quem trabalha com eventos precisa de apoio. O público nos ajuda assistindo nossas lives, e retribuímos isso ajudando aqueles que, infelizmente, são esquecidos pela sociedade. É um momento de pensar no próximo” afirma o grupo.

Veja mais ações em:

Drive-Thru Solidário, Fábrica Social e campanha de doação de itens de higiene.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?