Vamos refletir sobre hipocrisia falando de Neymar [Esporte]

Em semana de oitavas de final de Champions League, o PSG entrou em campo contra o Borussia Dortmund da Alemanha e perdeu por 2 a 1 com grande destaque para o furacão Norueguês Haaland e, com gol de Neymar descontando para o Paris. Quase todas as vezes que vejo meus colegas jornalistas falando sobre o Neymar é para polemizar, para relatar fatos que aconteceram em sua vida pessoal, porém puxando sempre para o lado negativo, como se ele não pudesse usufruir de toda saúde, amigos, família e dinheiro, que ele tem muito.

A cada ano que passa, os comentários nas redes sociais aumentam e, quase sempre, são “batendo” no atleta, dizendo que ele estava curtindo o carnaval enquanto seus companheiros de time estão treinando e jogando, que ele apareceu com seus amigos, “os parças” aparentando estar bêbado em uma festa, etc.

Eu fui atleta e também acho que ele cometeu erros e até ele mesmo reconhece isso, mas nós brasileiros, temos a mania de julgar as pessoas mas dificilmente nos colocamos no lugar dela e eu proponho essa reflexão: Você acordaria 6 horas da manhã todos os dias para treinar 2 ou 3 vezes ao dia? Você aguentaria sofrer seguidas lesões, sentir muitas dores e continuar jogando, mesmo sendo multimilionário, ou até mesmo bilionário? Você ficaria longe do seu país e muitas vezes longe das pessoas que gosta para jogar futebol sendo muito rico? Eu cheguei à conclusão que, no lugar dele, eu muito provavelmente já teria parado de jogar futebol, tinha mandado um recado para os haters e para alguns da imprensa e ia curtir minha vida, família e amigos, porque dinheiro ele tem para várias gerações que vem por aí. Façam esse exercício também, até que ponto você iria para conquistar mais títulos e aguentar as consequências mesmo sendo MUITO rico?

Siga o autor no Instagram: @takatsufelipe

 

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?