UM Gastronomia: nova opção na Barra

Fui conferir uma novidade que está dando o que falar: o UM Gastronomia, localizado às margens do canal da Barra, com uma belíssima vista e cardápio autoral. Inaugurado em dezembro, o restaurante abre de quinta a domingo e oferece opções variadas, que vão de frutos do mar a hamburger premium e pizzetas. Ah, tem também os drinks que você só encontra lá!

Conversei com Bruno Vaz, que comanda a casa junto com dois sócios – além de empreendimentos como Liga dos Botecos e Botero Bar. Ele falou sobre o conceito do projeto: “Foi inspirado nos restaurantes tipo Seaspice, de Miami, à beira do canal. Mas não queríamos um estilo ostentação, com aqueles pratos de crustáceos chamativos, apenas uma alta gastronomia. Aqui, as pessoas encontram uma experiência única: a vista, o cardápio autoral, os drinks autorais… Por isso o nome UM Gastronomia”.

UM Gastronomia
Moqueca Thai: o encontro da Tailândia com a Bahia, no UM Gastronomia.

Realmente, é uma experiência diferenciada, que marca tanto pelo ambiente quanto pelos sabores intensos. Comecei os trabalhos com o carpaccio de polvo (R$ 38), preparado com molho de azeitona preta, teia de lula (feita com a ‘tinta’ expelida pelo animal) e raspa de limão siciliano, acompanhado de aioli de oliva e torradinhas. Sou apaixonado por polvo e não pensei duas vezes, achei apenas que o molho de azeitona ofuscou a estrela principal.

UM Gastronomia
Carpaccio de polvo

Para beber, fiquei curioso com o refrigerante da casa (R$ 15), preparado com água gaseificada e xarope em diferentes sabores – refrescante e hidratante. Provei o de tangerina: quem gosta de Fanta vai curtir! Já para o prato principal, abri mão do arroz de polvo (R$ 82), por causa da entrada, e apostei na Moqueca Thai (R$ 72). Preparado com peixe branco e camarões no leite de côco, arroz de amendoim e ervas, ceviche de banana, o prato tem um conceito muito interessante.

UM Gastronomia
Tiramisu al Pistacchio

Bastante apimentada – mas também com um doce sabor de coco – a Moqueca Thai é servida em um prato chique, no formato cumbuca e meio ‘ensopada’ (como os pratos tailandeses). Seu sabor intenso me levou a um lugar imaginário: a interseção das cidades de Bangkok e Salvador. O ceviche de banana merece nota à parte: fantástico! Para acompanhar a moqueca, experimentei um dos drinks autorais da casa, criados pelo bartender Filipe Pkeno. Sua sugestão foi o Arriba Mango (R$ 36), com tequila, limão siciliano, purê de manga, soda de tangerina, espuma de gengibre e pó de hibisco. Infelizmente, a casa estava sem manga, então Filipe usou lichia. “O drink deve ser bebido sem canudo, para começar com a espuma de gengibre”, orienta.

A dica é boa: os primeiros goles são um verdadeiro carnaval para os sentidos, esquenta tudo com o gengibre! Em seguida, vem a refrescância e o sabor: muito bom. De sobremesa, provei o Tiramisu al Pistacchio (R$ 32), feito com pão de ló molhado no café, mascarpone de pistache italiano e cacau em pó. Talvez o item mais “conceitual” que provei: não é um doce para quem é louco por doces, mas para paladares mais experientes.

UM Gastronomia       UM Gastronomia        UM Gastronomia

DICA CARIOCA

Hoje inauguro a seção Dica Carioca, com as boas na área da cultura pela Cidade Maravilhosa! A primeira dica é o lançamento, hoje (26/2), do novo single da Orquestra Voadora, “Pernas Voadoras”, nas plataformas de streaming. Trata-se de um projeto inovador do coletivo que conquistou os cariocas (e o mundo) com sua brass band, seu bloco carnavalesco e as oficinas de instrumentos e pernas-de-pau.

A música, composta pelo saxofonista e integrante da orquestra André Ramos, é a primeira gravação da banda com os alunos das oficinas. Este também é o primeiro trabalho audiovisual concebido e produzido por eles: foram feitos 8 clipes diferentes da música, disponíveis no YouTube, inspirados na estética do Rio de Janeiro dos anos 20.

Orquestra Voadora
André Ramos, da Orquestra Voadora: coletivo lança hoje single com 8 versões de videoclipe.

Em um ano em que não pudemos sair no carnaval, ambientamos os vídeos no Rio antigo como uma forma de mostrar que a festa sempre existiu, e sempre vai existir. Foi muito importante produzir isso e levar para as pessoas nesse momento. Tudo foi feito em conjunto, remotamente, e envolveu música, teatro, cinema… foi maravilhoso! A música é uma homenagem à galera da perna-de-pau, que sempre está com a gente”. André Ramos

A Orquestra Voadora lança o single “Pernas Voadoras” em parceira com o selo alemão Lona Musik. A arte da capa é do designer e tatuador Rodrigo Tas.

CLIQUE AQUI E OUÇA A PLAYLIST DA COLUNA DESTA SEMANA!

Conheça outras descobertas de Gabriel Versiani pelo Rio de Janeiro em outras edições da coluna Contexto Carioca aqui! Acompanhe o colulista @_gabriel_versiani também no Instagram!

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?