Semana do Brasil: varejo aposta na retomada do crescimento

Semana do Brasil
Em Campinas, os shoppings foram reabertos em junho. Foto: Carlos Bassan/ Fotos Públicas


Varejistas de todo país foram afetados por conta das medidas restritivas impostas pela pandemia do coronavírus. A reabertura das lojas vem acontecendo nos últimos meses e neste mês, um evento promocional poderá ajudar a reaquecer a economia.

A Semana do Brasil, que será do dia 3 ao dia 13 de setembro, será um período para incentivar o consumo e aumentar as vendas. O slogan neste ano é: “Todos juntos com segurança pela retomada e o emprego” e participam da ação lojas de diversos setores, móveis, alimentação, livraria, roupas, sapatos e até supermercados.

A participação da semana é gratuita para os empresários, que precisam apenas acessar o site oficial (www.participesemanabrasil.com.br) e realizar o cadastro.

Um dos apoiadores da Semana do Brasil é a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), de acordo com o presidente da entidade, Nabil Shayoun, “depois de muito trabalho entre a Alshop e o poder público, hoje comemoramos a reabertura de todos os shoppings do país, mesmo com restrições. Esse momento de retomada entrará para a história do nosso país. Várias cidades estão comemorando novos postos de trabalho que estão sendo abertos no varejo, sem deixar de lado os protocolos de higiene e segurança que estão protegendo a saúde e a vida de muita gente, portanto, a nossa expectativa é que a Semana do Brasil tenha uma performance ainda maior do que a primeira edição.”

No ano passado, as vendas online durante a Semana do Brasil tiveram um aumento de 41% em relação ao mesmo período de 2018, de acordo com levantamento da Ebit/Nielsen. Já as vendas no varejo cresceram 11%, de acordo com a Cielo. Em 2019, mais de 14 mil empresas em todo país participaram da ação.

Unidos pelo Brasil

Paralelamente a Semana do Brasil, outro movimento que ganhou força nos últimos meses foi o Instituto Unidos pelo Brasil. Liderado por Nabil Sahyoun, presidente da ALSHOP, com outras 30 entidades, tem o objetivo de impulsionar a retomada da economia, mostrando para o consumidor confiança, respeito à saúde e bem-estar da população.

“Nossa ideia é chamar a atenção de todo o povo brasileiro. Criamos perfis nas mídias sociais, vamos contar a história de empreendedores que sofreram com a crise, pessoas que foram demitidas, mas mostraremos que juntos, vamos vencer mais uma crise e sabemos que em breve, o país todo vai comemorar as novas oportunidades que serão criadas”, finaliza Nabil Sahyoun.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?