fbpx

Economista projeta retomada de empregos com avanço da vacinação no Brasil

A campanha de vacinação contra a covid-19 já vacinou mais de 152 milhões de pessoas, primeira dose, e 114 milhões de pessoas, D2 ou dose única

Comércio no Rio de Janeiro. Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

A campanha de vacinação contra a covid-19 no Brasil segue avançando. De acordo com os dados do Ministério da Saúde, mais de 267 milhões de doses já foram aplicadas no país. Com isto, economista acredita que haverá a retomada dos empregos que foram perdidos ao longo dos meses da pandemia.

A avaliação foi feita pelo economista e consultor Alexandre Schwartsman durante a participação dele na 10ª edição brasileira da Synergy Brasil 2021, conferência global da Thomson Reuters que discute as melhores práticas de gestão e o futuro para o mercado corporativo.

Segundo o especialista, o restabelecimento de empregos está atrelado ao desempenho do setor de serviços que, no período pré-pandemia, representava 55% da ocupação total no país e foi o que mais sofreu com a necessidade de adoção das medidas de distanciamento social. Esse cenário levou ao fechamento de estabelecimentos comerciais, conforme os números de casos e mortes aumentavam pelo país.

“A recuperação do setor de serviços não é só um problema de renda, é uma questão sanitária, e nesse aspecto avançamos bem com a vacinação”, afirmou Schwartsman. O economista projetou que o fim das medidas de isolamento e a retomada das aulas presenciais impulsionam a volta dos pais para o mercado, principalmente para os trabalhos informais e auto empregos, o que contribui para o crescimento econômico ainda este ano.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?