fbpx

Pequenos negócios são responsáveis por 72% dos empregos gerados no Brasil

negócios
Foto: Tânia Rêgo /Agência Brasil/Fotos Públicas

Segundo Sebrae, no úlitmo ano, pequenos negócios geraram mais de 2 milhões de vagas

As micro e os pequenos negócios do Brasil seguem representando uma papel importante na retomada da economia e na geração do emprego formal no país. Entre julho de 2020 e julho deste ano, este grupo representou 71,8% das vagas formais de trabalho geradas no país, o que representa, em números absolutos, 2.094.812 empregos. 

Os números são do levantamento realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, que ainda indicam que o número gerado pelos pequenos negócios é quase três vezes superior ao das médias e grandes empresas, no mesmo período, elas contrataram 717.029 pessoas.

O efeito da retomada da economia aparece quando se observa que em junho de 2021, as micro e pequenas empresas contrataram 871.197 e desligaram 654.801, tendo como saldo positivo de 216.396 vagas criadas. Esse montante equivale a 70% do total de empregos no território nacional. Já as médias e grandes empresas (MGE) fizeram 663.993 admissões contra 596.048 desligamentos, com saldo positivo de 67.945 empregos, o que equivale a 21,9% do total gerado no país.

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, reforça o papel dos pequenos negócios dentro da economia nacional, “esse resultado reforça ainda mais a necessidade de amparar os pequenos negócios e de trabalhar pela preservação de quem tem sido o motor da geração de empregos no país”.

O setor de serviços é um dos que mais gerou oportunidade de trabalho no mês de junho. A área foi uma das mais afetadas pela pandemia do coronavírus, especialmente, pelas medidas restritivas adotadas pelos governos locais. Segundo os números do Sebrae, no período citado, essas empresas geraram 87,2 mil novas vagas, seguidas pelo do Comércio com 63,2 mil, Indústria da Transformação com 30,9 mil, Construção Civil com 26,4 mil e Agropecuária com 5,9 mil.

Por outro lado, as médias e grandes empresas, em especial, as da construção civil, fecharam cerca de seis mil vagas.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?