fbpx

Ana Marcela Cunha é ouro na maratona aquática

ana
Foto: Jonne Roriz/COB

No lugar mais alto do pódio, Ana Marcela pode comemorar a primeira medalha dela em Jogos Olímpicos

Para lavar a alma, Ana Marcela Cunha conquista o ouro nas águas da Marina de Odaiba, no Japão. A atleta venceu a prova de 10 km da maratona aquática dos Jogos Olímpicos. A prata ficou com a holandesa Sharon van Rouwendaal, que venceu no Rio 2016, e o bronze foi da australiana Kareena Lee.

O ciclo olímpico de Ana Marcela começou em Pequim, em 2008, naquela oportunidade, ela ficou em quinto lugar. Para os Jogos de Londres a classificação não veio, e no Rio, a atleta precisou lidar com um resultado nada esperado, ela ficou apenas em 10º lugar.

Mas a baiana de 29 anos sabia que desistir não era uma opção, eleita seis vezes a melhor atleta do mundo em maratonas aquáticas, ela precisava de mais uma chance. E a oportunidade se abriu nos Jogos de Tóquio, e em “uma raia, uma oportunidade”, como disse Ana Marcela após a prova lembrando das dificuldades e da superação dela e de outro nadador, Bruno Fratus. E como ele, a maratonista agora é medalhista olímpica.

Com a conquista na maratona aquática, o Brasil agora soma quatro medalhas de ouro nos Jogos de Tóquio, e três vieram de modalidades aquáticas: no surf com o Ítalo Ferreira, na vela com Martine Grael e Kahena Kunze. O país vai se aproximando do melhor resultado olímpico da história, quando levou 19 medalhas no Rio 2016. 

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?