Saúde segue monitorando novas cepas do coronavírus no país

saúde
Imagem: CDCUnsplash

A orientação do Ministério da Saúde é para que estados, DF e municípios façam o sequenciamento dos vírus respiratórios

Com o surgimento das novas linhagens do SARS-CoV-2 e a identificação das cepas no país, o Ministério da Saúde vem orientando estados e municípios para que ampliem o sequenciamento de rotina de vírus respiratórios.

O levantamento da Secretaria de Vigilância em Saúde indica que foram registrados 204 casos de variantes do coronavírus no Brasil. Os dados foram feitos a partir das notificações recebidas pelas secretarias estaduais e a última atualização foi feita no dia 20 de fevereiro.

Assim, a variante do Reino Unido foi identificada em 20 pessoas, sendo: São Paulo (11), Bahia (6), Goiás (2), Rio de Janeiro (1). Os casos, que foram divulgados previamente como do Distrito Federal (DF), são de residentes no estado de Goiás.

Em relação à variante P.1, identificada originalmente no estado do Amazonas, foram notificados 184 casos, sendo: Amazonas (60), São Paulo (28), Goiás (15), Paraíba (12), Pará (11), Bahia (11), Rio Grande do Sul (9), Roraima (7), Minas Gerais (6), Paraná (5), Sergipe (5), Rio de Janeiro (4), Santa Catarina (4), Ceará (3), Alagoas (2), Pernambuco (1) e Piauí (1).  

Até o momento, não há registro da circulação da variante descoberta na África do Sul. A pasta destaca que devido à constante investigação epidemiológica e novas notificações, os dados estão sujeitos a alterações. 

Os estados e o DF receberam, nesta terça-feira, uma nota técnica com informações sobre as novas cepas. Produzido pelo Ministério da Saúde, o documento também traz orientações sobre medidas para monitorar e evitar a propagação das novas linhagens. 

A pasta ainda informa que os sequenciamentos genéticos do SARS-CoV-2 estão sendo realizados por três centros de referência: Fundação Oswaldo Cruz (RJ), Instituto Adolfo Lutz (SP) e Instituto Evandro Chagas (PA). Além desses, outros laboratórios públicos e privados, no Brasil, também realizam apoiam as análises e sequenciamento em suas linhas de pesquisa.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?