Pelé ganha documentário na Netflix

Em uma produção exclusiva, a história do rei do futebol vira documentário na Netflix. A estreia será no dia 23 de fevereiro

O maior jogador de todos os tempos da história do futebol, e tomara que os argentinos não nos escutem, terá história contada em um documentário da Netflix.  “Pelé”  é uma produção exclusiva da plataforma de streaming, e irá mostrar a trajetória de Edson Arantes do Nascimento de 1958 até 1970.

O filme trará entrevistas inéditas e exclusivas com o craque. Os fãs poderão ver imagens raras do arquivo pessoal, além de rever os lances incríveis que marcaram a carreira do rei do futebol.

A direção do documentário ficou com a dupla Ben Nicholas e David Tryhorn, que já produziram o documentário “Tudo ou Nada: Seleção Brasileira”, sobre a conquista da Copa América de 2018.  A produção executiva está nas mãos de Kevin MacDonald, vencedor do Oscar de 1999 pelo documentário “One Day In September”.

A produção estará disponível na Netflix a partir do dia 23 de fevereiro. Aproveite e veja o trailer: https://www.youtube.com/watch?v=8t1p3mWVUu4&feature=emb_title 

12 anos da história do Rei

A estreia de Pelé em jogos da Copa do Mundo foi com 17 anos. No campeonato de 1958, o prodígio do esporte marcou seis gols. A seleção canarinho ainda contava com importantes nomes do futebol brasileiro como Garrincha, Zagallo, Vavá e Djalma Santos. Este time de estrelas se consagrou campeão no dia 29 de junho, ao vencer a Suécia por 5 a 2.

Quatro anos mais tarde, 1962,, o Brasil conquistaria o bicampeonato no Chile, mas não foi fácil para Pelé. O jovem craque ficou de fora do torneio por conta de uma lesão durante o jogo contra a Tchecoslováquia. Amarildo foi o substituto e surpreendeu, ele foi o vice-artilheiro do mundial e marcou também na final. Aquela seleção ainda contava com um certo Mané Garrincha, que ajudou a seleção a chegar ao segundo título.

A seleção brasileira seguia despertando muita curiosidade por onde passava, mas em 1966, a Copa do Mundo realizada na Inglaterra ficou com os ingleses. Pelé também enfrentou lesões, o craque era caçado em campo e após uma entrada violenta, ele deixou o campo no jogo contra Portugal, que tinha Eusébio.

Em 1970, 23 jogadores tinham a missão de buscar o tri no México. E com uma seleção de craques com Tostão, Rivelino, Jairzinho e outros, bom, o roteiro não poderia ter sido outro. A campanha invicta contou com quatro gols de Pelé, que ficaram marcados na história do futebol.

 

 

 

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?