fbpx

Libertadores: Raphael Veiga questiona o fato de Gabigol ter sido o Rei da América

Bicampeão do torneio com o Palmeiras, o meia foi um dos protagonistas da campanha do time com gols e assistências

Gabigol e Raphael Veiga são dois dos nomes que podem desequilibrar a partida hoje, em Brasília
Gabigol e Raphael Veiga foram os grandes destaques de seus cllubes durante a Libertadores- Foto: Pedro Martins e Cesar Greco

O Flamengo foi derrotado pelo Palmeiras por 2 a 1 na final da Copa Libertadores da América no último sábado, em Montevidéu, no Uruguai. Mesmo assim um dos jogadores do elenco do time carioca foi premiado com uma conquista individual: o título de Rei da América, dado ao melhor jogador do continente.

Gabigol recebeu o prêmio pela primeira vez. Nesta edição da Libertadores, o atacante foi o artilheiro da competição com 11 gols e ainda serviu seus companheiros quatro vezes com assistências em 13 jogos. Ou seja, o atleta teve mais participações em gols do que partidas jogadas.

O camisa 9 foi o autor do gol de empate do Flamengo na grande final que levou o jogo para a prorrogação. Assim como ele, Marinho, do Santos, saiu como vice-campeão do torneio em uma final contra o Palmeiras e também foi eleito o Rei da América. Ele foi eleito em votação popular realizada no site da Bridgestone, que foi criado especialmente para a ação. O surfista Ítalo Ferreira, campeão olímpico em Tóquio 2020 e patrocinado pela marca de pneus, foi o responsável por entregar o anel cravejado com 122 diamantes ao atacante flamenguista.

“Estamos felizes em poder reconhecer a alta performance nos campos, por mais um ano, com a premiação e o anel Best Of The Tournament. Gabigol é um jogador excepcional e sua trajetória na CONMEBOL Libertadores 2021 foi reconhecida pelo público”, disse Marcos Silveira, gerente de marketing da Bridgestone na América do Sul.

Palmeirense com sede de títulos

Mesmo com todos esses números, Raphael Veiga não concordou muito com a premiação do camisa 9 do Flamengo. Em entrevista à ESPN, o autor do primeiro gol do Palmeiras na final disse que merecia ter levado o prêmio. “Gabigol é um grande jogador, muito decisivo, mas o anel de melhor jogador da Libertadores podia ter sido meu.”

Veiga marcou cinco vezes na Libertadores e teve participação crucial durante a campanha do Verdão na conquista do bicampeonato consecutivo.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: