fbpx

Feira do Lavradio celebra 25 anos com novidades

A Feira do Lavradio completou 25 anos, mas a data foi apenas um dos motivos de celebração durante a edição do último sábado: o evento acaba de se tornar Patrimônio Imaterial Cultural do Estado do Rio! Impactada pela pandemia, a feira vem reconquistando aos poucos a quantidade de expositores e agora acontece todo sábado. Entre as novidades estão os projetos “Lavradio Literário” e “Jazz na Feira”. É um programa que tem a cara do Rio e junta moda, decoração, artesanato, música e gastronomia: vale a pena conferir! 😉

Feira do Lavradio
A Feira do Lavradio completa 25 anos e celebra o título de Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Rio

Sou testemunha ocular das mudanças que aconteceram na Rua do Lavradio ao longo desses 25 anos. Ela é umas das artérias principais da revitalização da Lapa, e terá papel fundamental também no novo projeto de revitalização do Centro, elaborado pela Secretaria de Planejamento Urbano. Um dos símbolos da região é o Rio Scenarium, antiquário que se tornou uma das melhores casas de show do mundo, segundo especialistas. Em maio, a casa entrou com pedido de recuperação judicial no intuito de atrair novos investidores.

Guga Pellicciotti (bateria), João Braga (piano) e Guizão (baixo) atraíram um público atento durante o “Jazz na Feira”

Minha torcida é pela retomada dos trabalhos no Quarteirão Cultural da Rua do Lavradio. Tenho uma ligação afetiva com o local, pois já me apresentar diversas vezes ali no Rio Scenarium, até gravei meu clipe com a Mart’nália (“Qualquer Bobagem”). Sou fã do clima descontraído da Feira do Lavradio e, após tanto tempo de pandemia, foi uma redenção curtir novamente o movimento, um um showzinho ao ar livre, as pessoas felizes tomando cerveja na rua… a cara do Rio!

Feira do Lavradio
O evento “Lavradio Literário” será quinzenal na Praça Emilinha Borba, incluindo lançamentos e debate com autores.

Chegamos à tarde e não vimos o lançamento do livro “Apontamentos da Arte Africana e Afro-Brasileira Contemporânea”, de Célia Maria Antonacci. Foi a inauguração do projeto Lavradio Literário. Ele vai acontecer a cada 15 dias, com direito a debate com os autores. Mas passei na Praça Emilinha Borba, para conferir a feirinha de livros, e achei interessante as inúmeras publicações com temática afro-brasileira. Depois, quis captar um pouco do termômetro entre expositores da feira, e troquei uma ideia com a Andréa Honório.

Feira do Lavradio
Andréa Honório é criadora da Dona Porca Cofres e participa há 6 anos da feira

Dividindo a vida entre Juiz de Fora (MG) e o Rio, a ex-educadora se dedica desde 2018 à pintura de cofres de porquinho muito fofos, a @donaporcacofres. Antes, ajudava o marido na venda de caixas organizadoras e, agora, já tem quase 6 anos de feira.

“A diversidade dos visitantes me dá oportunidade de conhecer experiências diferentes, encantar e ser encantada pelo público. Ver o deslumbramento das pessoas, sejam crianças ou adultos, diante do meu trabalho, me preenche e inspira. Ter minhas pinturas valorizadas por pessoas de todo lugar e perceber isso, mesmo sem que palavras sejam usadas, faz valer casa segundo do meu trabalho”, Andréa Honório, expositora.

Para ela, a melhor opção é continuar vindo apenas uma vez por mês, embora a feira agora seja semanal. “Cria mais expectativa no público”, diz. Para ela, a feira representa o resgate de uma área antes abandonada no Rio, apesar da riqueza arquitetônica e histórica. “Bem explorada, essa história pode trazer ainda mais charme para a feira, que já é reconhecida pela valorização da cultura, da arte, da diversidade e do entretenimento de qualidade acessível a todos”, conclui.

Feira do Lavradio
Para almoçar, uma boa dica é o Mangue Seco: tem moqueca (R$ 119,90 a R$ 138,90) e feijoada (R$ 42,90 por pessoa). Crédito: divulgação.

DICA CARIOCA

A dica desse finde é o Festival Somamos, com transmissão de lives e shows presenciais no Teatro Pudential, na Glória. Neste sábado (13/11), as lives começam às 19h, no canal do teatro no YouTube, com os DJ Iuri e DJ Doni. A partir das 20h, os shows principais ficam por conta de Leo Quintella (@leo.quintella) e Lulu Paranhos (@aluluparanhos). É possível também ver os shows que já rolaram (Caio Prado, Júlia Vargas e outros). O festival traz até o final do mês com nomes como Marina Íris (26) e Banda Biltre (28). Os ingressos podem ser adquiridos no Sympla.

Somamos Festival
Créditos: reprodução Instagram @somamosfestival

CLIQUE AQUI É OUÇA A PLAYLIST DA COLUNA NO SPOTIFY! 🙂

Conheça outras descobertas de Gabriel Versiani pelo Rio de Janeiro em outras edições da coluna Contexto Carioca aqui!

Acompanhe o colunista @gabrielversiani.rj também no Instagram!

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?