fbpx

Dia da Pizza! Pesquisa mostra os impactos da covid-19 no setor

10 de julho é comemorado o Dia da Pizza e a Associação Pizzarias Unidas do Brasil aproveita o momento e divulga pesquisa sobre o setor que revela dados dos últimos quatro meses

A pizza faz parte do cardápio do brasileiro. Com o isolamento social por conta do coronavírus, ela se manteve presente na mesa de muitas casas. Este é um dos achados da pesquisa realizada pela Associação Pizzarias Unidas do Brasil, que reúne empresários de pizzarias de todo o país. 

A pesquisa, feita com associados e não associados, foi realizada para levantar dados sobre o setor: número de lojas, quantidade de vendas mensais durante a pandemia, mudança no quadro de colaboradores e qual o sabor mais vendido. Os empresários foram entrevistados para o estudo no período de março até o início de junho deste ano.

A Associação Pizzarias Unidas do Brasil estima que existem mais de 40 mil pizzarias, formais e informais, no país. A pandemia trouxe a necessidade de adaptar e melhorar os serviços.

Acostumada com o delivery, o setor foi o menos afetado, comparado com os concorrentes da área de alimentação. Gustavo Cardamoni, presidente da Associação Pizzarias Unidas do Brasil, lembra que as exigências de higiene, cuidados com a embalagem e estrutura de delivery já eram uma realidade para as pizzarias.

Ele ainda conta que “a Associação Pizzarias Unidas do Brasil se viu na obrigação e não mediu esforços para auxiliar não apenas nossos associados, como o setor em um todo. Foram várias medidas tomadas, desde negociação de melhores condições para compra de produtos com parceiros com foco em nossos associados  até a criação  de um canal no Youtube, onde semanalmente transmitimos lives sempre com especialistas em algum assunto relacionado à gestão ou dia a dia de pizzarias, com o objetivo de sanar dúvidas do setor em um todo. Realizar a pesquisa fez parte dessas iniciativas de traçar um novo olhar ao nosso segmento em meio ao atual cenário”, disse.


Resultados da Pesquisa

A pizza favorita é a…

A pizza de Calabresa venceu a disputa pelo segundo ano consecutivo. Portuguesa em segundo lugar e Frango com Catupiry em terceiro, na média nacional. A pizza Margherita caiu para o quarto lugar.   

Postos de Trabalho
Durante a primeira semana de abril, a associação realizou um primeiro levantamento. Nele, os entrevistados, 44% deles, apontaram que houve uma suspensão de contratos de trabalho. As demissões ficaram em 23%.

Faturamento

Nos primeiros 15 dias da quarentena, os empresários do setor viram o faturamento cair, no entanto, já em abril, foi registrado um aumento de 10% a 30%. 

Pizzarias da capital paulista que operam exclusivamente com delivery registraram uma média de 12,8% de aumento no faturamento.  O grande impacto negativo se mostrou nas pizzarias que antes da pandemia adotavam  o modelo de operação apenas em salão. 

O levantamento apontou que pelo menos 26% dos estabelecimentos entrevistados possuem apenas estrutura de salão, iniciando o atendimento por delivery apenas no segundo mês de quarentena.Dos entrevistados,aproximadamente 10% eram estabelecimentos com atendimento exclusivamente em salão e fechados durante o período.  

App próprio?

Um aplicativo de delivery próprio já vem sendo discutido pela associação. Com a pandemia, a entidade incentiva que os empresários criem seus próprios apps. 

“O aplicativo próprio é uma evolução que permite ao cliente o acesso rápido ao cardápio da pizzaria e também uma forma de o empresário fidelizá-lo. Além disso, é uma forma de aumentar o lucro e também trabalhar a divulgação de estabelecimento” aponta Cardamoni.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?