fbpx

DF começa a vacinar crianças de 8 a 10 anos

crianças
A vacinação infantil contra a Covid-19 começou no dia 16 de janeiro no DF. Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

A campanha de vacinação infantil avança no DF e a partir de amanhã (19), as crianças de 8 a 10 já poderão receber o imunizante

As crianças com idade de 8 a 10 anos começam a ser vacinadas nesta quarta-feira (19). Com o repasse de mais 16,3 mil doses do imunizante pediátrico da Pfizer pelo Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde pode avançar a campanha de vacinação infantil no Distrito Federal (DF).

A ampliação da campanha para um público maior também se deve pela procura. A subsecretária de atenção integral à Saúde, Paula Lawall, destaca que “uma vez que a pasta não vai represar doses”.

Pais e responsáveis podem levar ainda as crianças de 11 anos e as com comorbidades na faixa de 5 a 11 anos para receber o imunizante contra a Covid-19. Para verificar os locais de vacinação disponíveis, basta acessar o site: https://www.saude.df.gov.br/locaisdevacinacao/.

Até o momento, o Distrito Federal já recebeu do Ministério da Saúde 32,6 mil vacinas da Pfizer. A quantidade corresponde a 10% dos moradores da faixa etária a ser atendida. Os números da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) indicam que há 115.428 crianças de 8 a 10 anos. Na faixa de 11 anos, são 40.094. 

A campanha de vacinação infantil começou no domingo (16) e até então, 5.044 crianças foram imunizadas. 

Segundo a Secretaria de Saúde, devem chegar ao DF mais 39,9 mil doses de vacinas pediátricas até o fim de janeiro. Ainda de acordo com a pasta, para fevereiro, a expectativa é da chegada de mais 94,5 mil doses e para março, 109 mil imunizantes.

Requisitos da Vacinação Infantil

Vale lembrar que para que a criança possa receber a vacina é preciso a presença do pai, da mãe ou do responsável. Também é necessário a apresentação do cartão de vacinação e de documento com foto.

Os pais ou responsáveis de crianças com comorbidades ou deficiência permanente precisam levar um laudo médico que comprove a condição clínica, de acordo com a lista de comorbidades indicadas como prioridade.

Se a criança recebeu outra vacina é preciso aguardar 15 dias para receber o imunizante contra a covid-19.

*Com informações da Agência Brasília

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: