Anvisa atualiza status dos pedidos de uso de vacina

Anvisa atualiza status dos pedidos de uso emergencial
Fachada da sede da Anvisa, em Brasília. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil


A agência ainda não finalizou a análise dos documentos enviados tanto pelo Butantan quanto pela Fiocruz

Muitos brasileiros estão ansiosos para o início da vacinação contra a covid-19 e acompanhar o site da Agência Nacional de Saúde Sanitária (Anvisa) se tornou um novo hábito. Isto porque a agência está atualizando o andamento da análise dos documentos das duas vacinas (Butantan e Fiocruz) que pediram o uso emergencial.

O Ministério da Saúde já sinalizou que tendo o aval, ou seja, a autorização do uso emergencial, a campanha de imunização contra a covid-19 poderá começar logo e será simultânea, alcançando todo o país.

Na última atualização feita pela Anvisa às 10:17 desta segunda-feira (11), o pedido da vacina do Butantan aparece com 38,07% concluído, mas a agência deverá pedir ao instituto a complementação de documentos.

Veja no gráfico o status da documentação da vacina do Butantan:

Já a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e Astrazeneca, que no país tem a parceria com a Fundação Oswaldo Cruz, 63,24% da documentação ainda está em análise pelos técnicos da Anvisa.  

Veja no gráfico o status da documentação da vacina da Fiocruz:

CoronaVac ou a vacina do Butantan

No sábado (9), a Anvisa informou que a triagem dos documentos estava concluída, no entanto, os técnicos verificaram que faltam dados necessários para a avaliação da autorização do uso emergencial. O Instituto Butantan já foi informado e no sábado, duas reuniões com as equipes técnicas da Anvisa e do Butantan foram realizadas para tratar da questão.

O Butantan informou que irá apresentar em breve os dados solicitados, enquanto isso, a Anvisa segue avaliando a documentação já enviada, de acordo com a agência, a continuidade da análise irá “otimizar esforços para uma decisão célere sobre o pedido”.

Vacina de Oxford ou a vacina da Fiocruz

A triagem de documentos também foi concluída no último sábado (9) e agora os técnicos estão se aprofundando nos dados apresentados pela Fiocruz.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?