fbpx

Ampliado acordo de promoção do empreendedorismo e desenvolvimento

Elaborado pelo GDF e pelo Sebrae, Programa Cidade Empreendedora vai capacitar administradores, pequenos empresários e comerciantes até 2021

O Governo do Distrito Federal e o Serviço de Apoio às Pequenas e Microempresas do Distrito Federal (Sebrae/DF) ampliaram o programa Cidade Empreendedora, que, anteriormente previsto para encerrar em 2020, agora estará em vigor até 2021. A ação prevê o investimento de R$ 6 milhões do Sebrae em treinamentos, consultorias, encontros e missões técnicas.

O objetivo do Cidade Empreendedora é promover o desenvolvimento econômico com apoio da gestão pública e de lideranças locais, fortalecendo o micro e o pequeno empresário nas regiões administrativas. Dessa forma, promove-se a cultura empreendedora dentro do serviço público para gerar maior conscientização da importância dos pequenos negócios na economia local, estimulando iniciativas e políticas públicas que beneficiem o empreendedorismo.

Secretário das Cidades, Fernando Leite. Foto: Renato Alves/Agência Brasília

“O acordo vem em ótima hora, porque vai dar a capacitação de que os administradores e seus técnicos necessitam”, aponta o secretário das Cidades, Fernando Leite. “Esse eixo de incentivo ao empreendedorismo vem no sentido de capacitar, dentro das regiões administrativas, os pequenos e microempresários; e, nesse cenário, estão inseridas as feiras, que possuem um projeto importantíssimo como o Feira Legal.”

“O Cidade Empreendedora é uma iniciativa singular no Distrito Federal que conecta o governo, o empresariado local e os parceiros comprometidos com uma ação realmente ousada em favor do desenvolvimento econômico e social no DF”, resume Rose Rainha, diretora técnica do Sebrae.

O Gerente da assessoria de gestão estratégica e política do Sebrae-DF, Jorge Adriano, por sua vez, explica que o projeto está estruturado em sete eixos: Cultura empreendedora, Desburocratização, Educação Empreendedora, Compras Públicas, Salas do Empreendedor, Desenvolvimento Territorial e DF Números Regionalizados.

“[O acordo] fortalece a atuação das Salas do Empreendedor nas administrações regionais e contribui com a função do Agente de Desenvolvimento Territorial, reforçando o seu papel de pensar e agir em favor de ações que sustentem o desenvolvimento local, melhorando o desempenho dos negócios e a vida de todos nas comunidades”, pontua o gerente.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?