[Rasgando a caixa!] Lições de uma empreendedora raiz

Se você quer inovar comece pelo seu Tinder . O Dilema da inovação é claro. Como começar? Eu digo que se  quiser inovar, encontre seu crush. Tipo no Tinder. A questão é que não pode dar MATCH apenas em tudo que você sonhou. Procure um perfil  contrário.  Sabe sessão de brainstorming que não dá em lugar algum? Pois é, se na hora de inovar nos preocupássemos com a diversidade da bagagem dos participantes, certamente o resultado seria melhor.

O problema é que agimos como se estivesse no Tinder. Só damos match (ou atenção) para quem tem alguma afinidade ou gosto parecido. Fugimos de experimentar o desconforto . E ai qual a chance de uma pessoa assim contribuir com ideias diferentes das nossas ? Quase nenhuma.

O futuro está em superar diferenças. Entre os estabelecidos e recém-chegados. Através de fronteiras, disciplinas e títulos. Entre sexos, raças, idades e crenças. Entre famosos e desconhecidos. Em ciência. Em negócios. Na vida. Grandes mentes crescem a partir do respeito pelas  diferenças. Inovar é voar estando na terra . E quanto maior a disponibilidade em lidar com a diversidade  e quanto mais maturidade, menor serão as chances de fracasso.

E aí? Vai instalar o Tinder para inovar?

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?