Mediação de conflitos é tema de série de webnários.

mediação

O foco das palestras é a promoção da convivência pacífica entre profissionais da educação e com a comunidade escolar.

Técnicas e paradigmas que podem ser utilizados na promoção da convivência pacífica entre profissionais da educação e, em especial, com a comunidade escolar são abordados no 7º Encontro das Práticas de Mediação do Âmbito da Secretaria de Educação do Distrito Federal.

Chamado de WeBinário, o encontro virtual, lançado por meio da live do Instagram no perfil @sugepeducadf e que acontece até a próxima sexta-feira (15), tem como objetivo dar continuidade aos eventos realizados pela Subsecretaria de Gestão de Pessoas desde 2017, com o tema Resolução de Conflitos. A ideia do uso da plataforma digital para o fórum cumpre as orientações para o teletrabalho durante o período de distanciamento social em combate ao coronavírus.

“A crise da pandemia nos trouxe uma oportunidade de construir um fórum com pessoas de referência, com a possibilidade de todos debaterem sobre a convivência pacífica entre os profissionais da educação e, em especial, da comunidade escolar”, explica a subsecretária de Gestão de Pessoas, Kelly Cristina Ribeiro.

Público-alvo

O público-alvo do evento são os servidores da Casa e demais interessados, sem ônus de participação para os palestrantes ou participantes. Tendo em vista o livre acesso à rede social da subsecretaria, é possível assistir às palestras sem inscrição prévia. Também por isso, não haverá certificação ou será contabilizada frequência de qualquer participante.

Nesta segunda-feira (11), primeiro dia da mediação, abriram o evento a subsecretária e a titular da Gerência de Mediação de Conflitos (GMEC/SEEDF), Larissa Polyana Pedroza.

 

A programação segue até sexta-feira, com palestras de até uma hora:

⇒ 12/05 (10h) – Mediação: a Cultura da Paz na volta às aulas
Secretária-geral da Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica (ABMCJ/DF), Elisabeth Leite Ribeiro

⇒ 13/05 (10h) – Círculos, convivência e paz nas escolas
Presidente da Comissão de Justiça Restaurativa da OAB de Santa Catarina, Patrícia Santos e Costa

⇒ 13/05 (16h) – Diálogos que transformam o ambiente escolar
Delegado no Brasil da Sociedad Científica de Justiça Restaurativa da Espanha, Paulo Moratelli

⇒ 14/05 (10h) – Inteligência sistêmica da resolução de conflitos
Fundador e diretor do Instituto Desenvolvimento Sistêmico para a Vida (Idesv), constelador familiar Décio Fábio de Oliveira

⇒ 14/05 (14h) – Inteligência emocional da gestão de conflitos
Fundadora da startup de Impacto Social RestarUs, Daniela Araújo Lana

⇒ 15/05 (14h) – Encerramento: Conflitos em tempos de pandemia
Co-fundadora do Instituto de Comunicação Não Violenta (CNV Brasil) – Cristiane Chaves

 

 

*Com informações da Secretaria de Educação

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?