fbpx

Governador nomeia mais 286 servidores

servidores
Foto: Divulgação

Os novos servidores ficarão nas secretarias de Desenvolvimento Social, da Mulher e da Justiça e da Cidadania

A semana começou com a notícia da nomeação de 286 novos servidores públicos. Os aprovados em concursos públicos assumiram os postos nas secretarias de Desenvolvimento Social (Sedes), da Mulher (SMDF) e da Justiça e Cidadania (Sejus). Ao todo, são 193 servidores da carreira de assistência social e 93 da socioeducativa. Desses, 58 ficam na Sedes, 55 na SMDF e 173 na Sejus.

Responsável pelo ato de nomeação dos novos servidores, o governador Ibaneis Rocha destacou: “fico muito feliz quando faço esses atos de nomeação, porque sou daqueles que foram criados na advocacia, valorizando muito o serviço público. O serviço público tem uma grande vantagem sobre os mandatos eletivos; ele leva políticas permanentes e a memória do Estado”.

Ibaneis ainda aproveitou para citar as políticas que foram resgatadas e criadas na área da assistência social e que são atendidas pelos servidores públicos. “Para vocês terem uma ideia, só no Cartão Prato Cheio são mais de 40 mil famílias atendidas. Se você pegar o Cartão Gás, são 70 mil famílias. E o DF Social são milhares. Todo esse trabalho é feito por servidores públicos. Tenho muito orgulho dessas três secretarias que fazem a assistência social por completo aqui na nossa cidade”, completou.

Durante a atual gestão, mais de 800 nomeações foram feitas no caso da Sedes. “Foram mais de dez anos sem nomeação de um único servidor. Em meio à pandemia, falar de assistência social se tornou mais do que uma necessidade, é uma urgência. Então, é preciso que ocorra mesmo essa nomeação para que a gente possa colocar servidores efetivos ali nas pontas”, afirmou a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

Os 58 servidores nomeados da Sedes atuarão nas unidades do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), nos restaurantes comunitários e nas equipes itinerantes. “Pela primeira vez teremos uma equipe itinerante para atender aquela população que não consegue chegar às unidades assistenciais; também pela primeira vez, teremos um nutricionista em cada restaurante comunitário e um especialista em direito nos Creas”, acrescentou a secretária de Desenvolvimento Social.

Reforço nas equipes

À Secretaria da Mulher serão incorporados 55 novos servidores, dos quais 38 são especialistas em assistência social – que atuarão nas áreas de direito e legislação, pedagogia, psicologia, serviço social, administração e ciências contábeis –  e 17, agentes sociais.

“É um grande esforço na nossa equipe que trabalha incansavelmente para atender as vítimas de violência contra a mulher e dar-lhes uma oportunidade de empoderamento”, disse a secretária da Mulher, Wandercy Camargos. De acordo com a titular da pasta, com a chegada dos novos servidores, a secretaria, criada em 2019, terá 187 servidores efetivos. “Vai reforçar exatamente esse trabalho nosso nos equipamentos”, declarou.

A Sejus passará a contar com 173 novos servidores – 80 da carreira de assistência social em 56 especialidades, incluídos 24 técnicos, e 93 da carreira socioeducativa. “É muito importante, porque é um pessoal que vem para somar. Até agora são mais de 800 servidores nomeados, tudo isso para atender o serviço essencial ao público. [Os nomeados] ajudarão a recompor o quadro de atendimento nas unidades socioeducativas e nas áreas de enfrentamento às drogas, apoio às vítimas de violência, entre outras áreas da secretaria”, avaliou o secretário de Justiça e Cidadania, Jaime Santana.

O secretário de Economia, José Itamar Feitosa, salientou que o GDF continua apostando nas convocações e também na realização dos concursos públicos – tendo 34 atualmente em andamento –, tudo isso com as contas em dia. “Todos os nossos contratos são pagos em dia, e tudo isso se converte para a população”, ressaltou.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: