GDF reduz preço das passagens de ônibus em R$ 0,05

A redução não abrange todas as linhas, o objetivo é arredondar valores para facilitar troco. Tarifas de R$ 3,85 e R$ 2,75 passarão a custar R$ 3,80 e R$ 2,70, respectivamente

 

O governador Ibaneis Rocha (MDB) assinou um decreto na manhã da última quinta-feira (16/01/2020) autorizando a diminuição de R$ 0,05 nas passagens de ônibus que, com o reajuste, ficaram com valores quebrados. Com isso, as tarifas de R$ 3,85 e R$ 2,75 passarão a custar R$ 3,80 e R$ 2,70, respectivamente, a partir da publicação da decisão no Diário Oficial do Distrito Federal.

Os bilhetes que mesmo com o reajuste continuaram com valores redondos não deverão sofrer alterações.

O decreto que autorizou o reajuste foi assinado pelo vice-governador Paco Britto e passou a vigorar na segunda-feira (13/1). Na ocasião, o governador Ibaneis Rocha ainda estava em recesso em Miami, nos Estados Unidos, com a família.

 

Pedido de redução negado

O juiz Roque Fabrício Antônio Oliveira Viel, da 4ª Vara de Fazenda Pública do Distrito Federal, negou pedido de suspensão do reajuste de 10% nas tarifas de ônibus e metrô da capital. A ação havia sido apresentada por deputados distritais da oposição ao governo de Ibaneis Rocha (MDB).

Ao analisar o caso, o juiz entendeu que a ação popular é “inadequada aos fins a que se propõe”. Para o magistrado, os deputados não indicaram que houve ilegalidade na atuação do GDF.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?