fbpx

Explosão acontece próximo ao circuito de Jeddah

explosão
Foto: Reprodução/Twitter @Waheed0819
  • Max Verstappen, pelo rádio com a equipe, comentou que sentiu cheiro de queimado e achou que poderia ser outro carro

  • No entanto, foi uma explosão em uma refinaria de petróleo, localizada próxima perto do circuito de Jeddah

Os pilotos da Fórmula 1 aceleravam no circuito de Jeddah para o treino livre desta sexta-feira (25) e próximo à pista, na refinaria da Aramco, uma das maiores companhias petrolíferas do mundo, aconteceu uma explosão, que até o momento não tem uma explicação oficial.

Uma das explicações possíveis, de acordo com a BNO News, o ataque teria sido causado por um míssel do grupo xiita Houthi. O site postou um vídeo do ataque: https://twitter.com/BNONews/status/1507375092040409091. Mais imagens podem ser vistas em: https://twitter.com/Waheed0819/status/1507373872823291905

O Houthi disputa o controle político do Iêmen com aramcoapoio de forças do Irã e uma coalização da Árabia Saudita tenta ir na contramão para impedir os Houthis. O conflito não é recente, ele acontece desde 2014.

Fórmula 1

Até então a categoria ainda não se manifestou e o cronograma para o fim de semana deverá ser mantido. Hoje, a Ferrari com Charles Leclerc marcou o tempo mais veloz do dia, com Max Verstappen em segundo e Valtteri Bottas em terceiro. 

Os carros ainda voltam para a pista hoje para o segundo treino livre. Amanhã, o treino que define o grid para a segunda etapa da temporada 2022 será realizado a partir das 14h, e a corrida no domingo acontece no mesmo horário. 

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: