DF ganha laboratório permanente da tecnologia 5G

laboratório permanente
O vice-governador Paco Britto afirmou que o governo está colocando o DF no “caminho da inovação”. Foto: Vinícius de Melo/VG-DF

O laboratório de teste 5G fica no Parque Tecnológico de Brasília, o Biotic.

O primeiro ambiente de teste permanente da tecnologia 5G no Brasil foi inaugurado em Brasília nesta sexta-feira (24). O laboratório de teste 5G, situado no Parque Tecnológico de Brasília – Biotic, permitirá o acesso do público à internet mais rápida que, depois de implantada, deve movimentar, nos próximos 15 anos, em torno de R$ 1 trilhão no Brasil.

No laboratório, o público poderá ter experiências gratuitas com smartphones e com a realidade virtual sob demanda. As visitas ao local, porém, devem ser agendadas e respeitar as restrições sanitárias impostas pela pandemia do novo coronavírus.

Essa rede, que promete ser até 100 vezes mais rápida do que a atual rede 4G, terá maior confiabilidade e disponibilidade, além da capacidade para conectar massivamente um número significativo de aparelhos ao mesmo tempo.

Será possível, por exemplo, realizar uma conexão com uma fábrica de distribuição e logística, utilizando realidade virtual. Isso proporcionará uma experiência com a tecnologia voltada para a Indústria 4.0 e a IoT (internet das coisas), onde será possível ver, em tempo real, todos os processos do centro que incluem a utilização de robôs para o envio automático de materiais para o armazenamento.

Durante a inauguração do laboratório permanente, o presidente da Biotic, Gustavo Dias, ressaltou os avanços que a nova tecnologia trará às vidas das pessoas. “O governo está avançando muito neste sentido e está preparando uma verdadeira revolução para os moradores do DF”, afirmou.

O vice-governador Paco Britto afirmou que a nova tecnologia promoverá uma verdadeira “reeducação” nos usuários da internet e que o governo está colocando o Distrito Federal no “caminho da inovação”. Paco aposta que a quinta geração dará mais identidade a Brasília e, potencializará as novas tecnologias, inovações, inteligência artificial, robótica. “Novas perspectivas para a saúde e diversos setores da economia”, concluiu.

 

*Com informações da Agência Brasília

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?