fbpx

Desafio Turistech: inscrições podem ser feitas até 01.11

O Desafio Turistech está na reta final do prazo de inscrições, os interessados em participar podem se inscrever até o dia 1o de novembro. A competição é promovida pelo Ministério do Turismo em parceria com o Wakalua Innovation Hub – primeiro polo global de inovação em turismo – e em colaboração com a Organização Mundial do Turismo (OMT). A disputa, que conta ainda com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e do Sebrae, é uma edição ampliada do Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo, realizado pela primeira vez em 2020.

Além da categoria Startups, foco da competição do ano passado, o Desafio Turistech, realizado de forma totalmente online, envolve a participação de Destinos, Academia e Empresas. Todos os vencedores ganharão visibilidade nacional e internacional para os seus projetos, sendo reconhecidos como líderes da inovação no turismo brasileiro. As inscrições seguem até o dia 1° de novembro, por meio do site da competição (Acesse aqui).

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, a iniciativa se soma às ações do governo federal em prol da transformação do setor. “Com a pandemia e a consequente mudança de hábito na população, principalmente no mercado de viagens, verificamos um turista cada vez mais antenado às novas tendências de inovação e tecnologia. Essa competição vem para suprir esta necessidade e ajudar o nosso setor a gerar emprego e renda para os brasileiros”, observa.

CRITÉRIOS – Os interessados podem se inscrever nas seguintes temáticas: Digitalização de negócios e destinos turísticos; Personalização de experiência; Destinos inteligentes; Marketing digital / Promoção de destinos; Impacto social/ambiental; Turismo em áreas naturais; Experiência do turista digital; Nomadismo digital; Vistos e controle de acessos; Domótica e automatização; Inserção digital de pequenos negócios; Desenvolvimento sustentável; Economia circular; Gestão e operação inteligente e Economia Criativa no Turismo.

Os projetos devem ter relação com quaisquer pontos da cadeia de valor do turismo, podendo ser destinados a visitantes, a empresas, ao setor público, à academia ou a comunidades. A avaliação das propostas vai ficar a cargo de líderes do turismo e da inovação, e a seleção final será anunciada durante o mês de novembro. A análise se baseará em quesitos como contribuição ao turismo, natureza inovadora e grau de desenvolvimento, entre outros.

VISIBILIDADE – Os 10 projetos mais bem colocados no Desafio Turistech vão se associar por 12 meses ao Wakalua, tendo acesso a seu network, opções de mentoria e investimentos de parceiros, além de se classificar para as semifinais da 4ª Competição Global de Startups de Turismo da OMT, de 2022. Eles também vão disputar uma viagem a Madri, na Espanha, para participar de um programa de treinamento e, também, da Feira Internacional de Turismo de Madri (FITUR).

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?