Consumo de álcool e os riscos para a imunidade

imunidade e bebida alcoólica
Por conta do coronavírus, o tema imunidade se tornou popular. Outro assunto que ganhou espaço foi o aumento do consumo de álcool. E será que bebida alcoólica e imunidade combinam?

A pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (Abead) indica um aumento no consumo de bebidas alcoólicas. Segundo o levantamento, as vendas cresceram 38% nas distribuidoras e 27% em mercados. Qual o impacto deste comportamento quando se trata de imunidade?

imunidade e álcool?
Dra Izabela Freitas alerta para os riscos do consumo exagerado de álcool em tempos de epidemia

A nutricionista dra Izabela Freitas faz o alerta: “a imunidade está ligada diretamente com sua alimentação, rotina de exercício e excesso de consumo de bebida alcoólica”. Ela complementa, “em tempos de coronavírus, estamos com a rotina muito diferente de nosso dia-a-dia e logo estamos consumindo mais bebida alcoólica. Ela é prejudicial na dieta e na questão imunidade pois o álcool é extremamente imunossupressor principalmente quando consumido demasiadamente. Ele afeta as células de defesa ao nosso organismo favorecendo com que o vírus chegue ao nosso corpo mais rapidamente e avance de forma exacerbada.”

Então, o consumo de bebida alcoólica está proibido? 

“Muitos pacientes me perguntam se estão proibidos de beber uma bebida alcoólica, seja um vinho, uma caipivodka, caipisaquê. Não está proibido, mas é preciso quantificar o que é bebido ao longo de uma semana porque além de aumentar o valor calórico consumido você estará prejudicando todo o sistema imunológico, algo muito importante nesse período da pandemia. Ninguém quer ir parar no hospital com qualquer infecção que pode não ser o coronavírus e acabar se expondo, não é ?”, responde a doutora.

A nutricionista ainda indica a bebida ideal para este período de confinamento. “O vinho tinto seco é positivo, e muito legal para se beber diariamente, mas em doses pequenas, sabendo que uma taça de 125 ml tem aproximadamente 150 calorias, um valor calórico reduzido, além da uva tinta ter vários antioxidantes que favorecem muito o nosso corpo.”

Para dar um reforço na imunidade, além da atenção a uma alimentação e hábitos saudáveis, dra Izabela recomenda o shot de limão com gengibre.

 “Uma dica legal para reforçar a imunidade principalmente nesse período é um shot, ou seja, uma dose bem pequenina. Eu gosto muito de fazer quando acordo, mas é possível fazer à noite ou antes de dormir. Um limão espremido, meia colher de café de cúrcuma ou açafrão da terra, e meia colher de café de gengibre em pó. Misture. Fica maravilhoso” .

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?