fbpx

Claudiney dos Santos é o mais novo bicampeão paralímpico

claudiney
O mais novo bicampeão paralímpico, Claudiney dos Santos. Foto: Miriam Jeske/CPB

Brasileiro conquistou o ouro no lançamento de disco e ainda bateu o recorde paralímpico

Claudiney dos Santos confirmou o favoritismo no lançamento de disco na classe F56. O brasileiro ficou com o ouro e ainda bateu o recorde paralímpico com 45,59 metros. Agora o Brasil tem 98ª medalhas de ouro na história dos Jogos Paralímpicos. 

“Eu me preparei muito apesar da pandemia. Eu estava muito focado e vim para ser o melhor”, disse Claudiney. “Eu sempre entro nas provas para buscar o meu melhor e sempre respeitando os adversário. Quando a gente faz o que gosta, tem tudo para dar certo. Eu entrei na prova para atingir o recorde mundial”, completou. 

Mais medalhas

A delegação brasileira já garantiu 33 medalhas nesta edição dos Jogos Paralímpicos de Tóquio. A meta do Comitê Paralímpico Brasileiro era terminar a competição entre os dez primeiros no quadro de medalhas e os para-atletas estão mantendo o objetivo. O Brasil está em sétimo, empatado em número de ouros (11) com a Austrália que está em sexto.

Além do ouro no atletismo, o dia em Tóquio teve a medalha de prata de Bruna Alexandre. A catarinense do tênis de mesa, classe V10, foi derrotada pela chinesa naturalizada australiana Qian Yang. Essa é a segunda medalha de Bruna em Paralimpíadas, no Rio, ela ficou com o bronze.

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?