fbpx

Caio Bonfim e atletas do DF disputam Copa Pan-Americana de Marcha Atlética

Equipe do CASO. Foto: divulgação

Os atletas do CASO representarão o DF e o Brasil na Copa Pan-Americana de Marcha Atlética

Já classificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio e um dos principais nomes da Marcha Atlética do país, Caio Bonfim estará ao lado de mais quatro atletas do Centro Atletismo de Brasília (CASO) para representar o Distrito Federal e o Brasil na Copa Pan-Americana, que começa nesta sexta-feira (7). O torneio será realizado no Equador.

Além dos brasileiros, a organização confirma a participação de representantes Costa Rica, México, Guatemala, Porto Rico, Colômbia, Panamá, Venezuela e Equador. Os atletas disputarão medalhas em um circuito de 2km localizado na Avenida Paseo Del Parque, em Guayaquil, a maior cidade do Equador.

Em função da pandemia e dos números do Brasil da Covid-19, os atletas brasileiros chegaram ao Equador no dia 27 de abril para cumprir os 10 dias de quarentena, uma exigência das autoridades locais. “Pudemos treinar apenas um período de duas horas por dia e improvisamos alguma coisa no hotel, mas o importante é ter a oportunidade de competir”, disse Caio Bonfim.

Seguindo os protocolos sanitários, os atletas já fizeram nesta manhã (6) o exame PCR para competir, treinaram no Estádio Modelo Alberto Spencer e farão o reconhecimento do circuito às 19 horas de Brasília, assim que terminar o Congresso Técnico da competição.

Os representantes do DF, além de Caio Bonfim, são: Lucas Mazzo, Elianay Barbosa, Max Batista dos Santos e Gabriela de Souza Muniz. E a técnica do time está bastante otimista para a Copa Pan-Americana. Gianetti Bonfim, ex-atleta, mãe de Caio Bonfim e treinadora-chefe da seleção brasileira, contou que “estamos entrando com força nas provas. A marcha atlética é muito forte nas Américas do Sul e Central, com grandes atletas que figuram entre os melhores do mundo. Não é uma competição fraca com mexicanos, colombianos, equatorianos, chilenos… Vai ser uma boa oportunidade para os brasileiros”.

Uma das promessas do time do CASO é Gabriela Muniz, a atleta já está qualificada para os 10.000 m do Mundial Sub-20 de Nairóbi, no Quênia, em agosto. No dia 25 de abril, em Bragança, ela bateu o recorde brasileiro sub-20 dos 10.000 m (47:33.5) e o adulto dos 20.000 m (1:35:02.56). “Minha expectativa é conseguir um bom resultado na Copa. Sei que terei adversárias muito fortes, mas estou confiante”, disse.

Confira as categorias e os atletas do CASO que representarão oficialmente o Brasil:

20 km masculino
Caio Bonfim (CASO-DF)
Lucas Mazzo (CASO-DF)

20 km feminino
Elianay Barbosa (CASO-DF)

50 km masculino
Max Batista dos Santos (CASO-DF)
10 km sub-20 feminino
Gabriela de Souza Muniz (CASO-DF)

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?