fbpx

Athletico-PR é o primeiro brasileiro bi da Copa Sul-Americana

Furacão conseguiu o segundo título da competição com o belo gol de Nikão 

Nikão, copa sul-americana, furacão, athletico-pr
Nikão fez o gol do título da Sul-Americana – Foto: Divulgação/Gustavo Oliveira/Athletico-PR

O Athletico-PR conquistou a pela segunda vez na história a Copa Sul-Americana. Com isso, tornou-se o maior campeão brasileiro do torneio e o único bicampeão. O triunfo veio após derrotar o Bragantino por 1 a 0 na final, que foi realizada no estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai). O primeiro título continental do clube foi conquistado em 2018, quando superou o Junior Barranquilla (Colômbia).

Essa pode ser uma das temporadas mais vitoriosas do clube. Afinal, o Athletico-PR é finalista da Copa do Brasil. O time enfrentará o seu “xará mineiro” no dia 12 de dezembro, no Mineirão. O jogo de volta será dia 15, na Arena da Baixada, que deverá estar com um clima de caldeirão com tamanha empogação dos torcedores do time do Paraná.

Resumo do jogo

O Bragantino começou mandando na partida, mantendo a posse de bola e criando dificuldades para o Athletico-PR sair jogando. Com isso, a equipe paulista criou as melhores oportunidades primeiro, ambas com Cuello. Apesar da demora, quando chegou, o Furacão foi mortal.

Aos 28 minutos, Terans avançou pela direita e bateu forte para defesa parcial de Cleiton. A bola subiu e Nikão pegou o rebote de voleio e fez um golaço para marcar de vez seu nome como ídolo do clube.

O Massa Bruta ainda tentou o empate antes do intervalo, mas Santos defendeu boa finalização de cabeça de Ytalo. Com poucas jogadas de gol, o jogo foi para o intervalo com a vantagem do Furacão no placar.

A dinâmica na etapa final foi bem parecida com a dos primeiros 45 minutos, o Bragantino teve mais posse de bola, mas encontrou poucas brechas na defesa sólida e bem postada dos comandados de Alberto Valentim. Com a vantagem no placar, os rubro-negros repetiram a estratégia adotada contra o o Flamengo no jogo de volta e focou em sair em contra-ataques rápidos para pegar a zaga adversária, que necessitava de um gol, desprevenida. Com este panorama, o Furacão administrou a vantagem até o final e garantiu mais uma taça da Copa Sul-Americana em sua galeria de troféus.

Garantido na Libertadores

O Athletico-PR garantiu sua vaga direta na fase de grupos da Copa Conmebol Libertadores 2022 por ter levado o título. Além disso, o time faturou o Furacão embolsou 6,8 milhões de dólares (cerca de R$ 37 milhões) em premiações no torneio. O vice Red Bull Bragantino recebe 4,8 milhões de dólares (27 milhões).

 

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?