fbpx

Copa do Brasil: Santos e Athlético-PR decidem a vaga na semi

O time da Baixada Santista precisa vencer o Furacão por uma vitória por dois gols de diferença para avançar na Copa do Brasil

Copa do Brasil, Santos, Athletico-pr
O Santos saiu em desvantagem, já que perdeu o jogo de ida da Copa do Brasil por 1 a 0 – Foto: Divulgação/Santos

Santos e o Athletico-PR se enfrentam hoje na Vila Belmiro, às 21h30, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil 2021. Para seguir vivo na competição, o time da casa precisa de uma vitória por dois gols de diferença, já que perdeu para o Furacão na ida por 1 a 0.

As duas equipes estão numa situação bastante parecida, pois ambas estão sob nova direção no comando técnico. O time do Paraná demitiu o técnico António Oliveira e terá o interino Bruno Lazaroni no comando da equipe. O grande desfalque dos paranaenses será o promissor Jader, de 18 anos, que vem se destacando nos últimos jogos.

O Santos demitiu Fernando Diniz e trouxe Fábio Carille para comandar os meninos da Vila. O treinador conta com uma série de desfalques: Guilherme Camacho, Danilo Boza e Moraes ( os três atuaram por outro time na Copa do Brasil e não estão à disposição), Kaiky, Luiz Felipe e Robson Reis (os três estão lesionados).

Com o placar do jogo de ida, o Peixe precisa marcar dois gols para se classificar no torneio. Qualquer empate dá a vaga ao Furacão e um novo 1 a 0 (a favor do clube paulista) leva a decisão para os pênaltis.

Ficha Técnica

  • Data e hora: 14 de setembro de 2021, às 21h30 (horário de Brasília)
  • Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
  • Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
  • Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)
  • Árbitro de vídeo: Daniel Nobre Bins (RS)
  • Onde assistir: Premiere e SporTV

Escalação

Santos: João Paulo; Pará, Derick, Wagner Palha e Felipe Jonatan; Jean Mota, Carlos Sánchez, Gabriel Pirani e Marcos Guilherme; Lucas Braga e Marcos Leonardo; Técnico: Fábio Carille 

Athletico-PR: Santos; Marcinho, Thiago Heleno. Pedro Henrique e Abner; Richard, Christian e David Terans; Nikão, Pedro Rocha (Léo Cittadini/Erick) e Renato Kayzer; Técnico: Bruno Lazaroni

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?