fbpx

Abertura do PAINEL 2021: Pacto pela Infraestrutura e Logística 

2021
Presidente do Instituto Besc, Jussara Ribeiro, discursa na abertura do VII PAINEL 2021. Imagem: Reprodução/YouTube

Realizado em dois dias, a sétima edição do seminário começou nesta quarta-feira com a presença de autoridades, entrega do Troféu Painel 2021 e com as duas primeiras sessões do fórum

O Instituto Besc realiza nesta semana a sétima edição do PAINEL 2021. Pela primeira vez, o seminário acontece de forma híbrida, presencialmente em Belo Horizonte e online, com transmissão pelo canal da entidade no YouTube. A abertura do evento aconteceu na manhã desta quarta-feira (10) e teve a presença de autoridades e dos palestrantes.

A presidente da entidade e coordenadora do VII Painel, Jussara Ribeiro, discursou na abertura e agradeceu a presença das autoridades, entre elas, o presidente de honra do Painel 2021, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

O seminário é realizado para dialogar com especialistas e autoridades sobre temas fundamentais para fomentar a economia nacional. Como sinalizou a presidente do Instituto Besc, o conhecimento apresentado durante os dias de evento resultam em um produto que é “encaminhado ao mercado e às autoridades de governo cumprindo com a nossa missão de colaborar com a formulação de políticas públicas e público privadas para o desenvolvimento do Brasil”, disse.

A entidade ainda produz dois registros para possibilitar consultas posteriores dos agentes públicos, do mercado, de pesquisadores e para outros interessados nos temas aborados. O primeiro, citado por Jussara durante a abertura, é o registro do conhecimento consolidado na Biblioteca Nacional e o segundo, é a produção da Revista Painel, material que conta com artigos e conteúdos especializados.

O ministro Bento Albuquerque também discursou na abertura e destacou os avanços do atual governo no setor de Minas e Energia. Ele ainda lembrou que a transição da matriz energética no Brasil começou há 50 anos, com o primeiro programa de produção de biocombustível no mundo, o Proálcool.

Atualmente, o Brasil já aparece como o segundo do planeta em produção e consumo de biocombustíveis, ainda de acordo com o ministro, isto faz com que o país tenha uma das frotas mais “limpas” do mundo.

Depois de concluir o discurso, o ministro recebeu, das mãos da presidente do Instituto Besc, o Troféu Painel 2021 por ser o presidente de honra da edição.

Troféu Painel 2021

2021
Ministro Bento Albuquerque foi o primeiro a receber o Troféu Painel durante a abertura do PAINEL 2021. Imagem: Reprodução/YouTube

Durante o primeiro dia do fórum foi realizada a entrega dos prêmios aos vencedores do Troféu Painel 2021. A premiação reconhece iniciativas, empreendimentos, personalidades e a inovação de projetos de infraestrutura de energia e transporte no País, o uso eficiente dos modais e a integração de instalações e da logística nacional, aumentando a eficiência e a economicidade das nossas empresas de transporte de cargas e passageiros.

Confira as categorias e os vencedores:

Empreendimento Privado

Terminal Portuário de Alcântara – GRÃO PARÁ MULTIMODAL – O empreendimento pertence à empresa Grão-Pará Multimodal. Consiste no sistema porto integrado à ferrovia, que compreende um Terminal de Uso Privado em Alcântara (MA), mais a Estrada-de-Ferro Maranhão, ambos de caráter privado. O porto é de grande profundidade e a ferrovia conecta-se com as ferrovias Carajás e Norte-Sul.

Empreendimento Público

Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL) – VALEC – Construída pela empresa pública Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A., foi concedida pelo Ministério da Infraestrutura, em leilão que aconteceu na Infra Week de abril de 2021, à Bahia Mineração (Bamin), por um período de operação de 35 anos.

Inovação

Projeto Energy Big Push e a Plataforma INOVA-E – EMPRESA DE PESQUISA ENERGÉTICA (EPE) – Em 2018, quando o Brasil participou da iniciativa internacional Mission Innovation (aliança para colaboração no aumento dos investimentos em inovação em energias limpas), ficou evidente a dificuldade de se reportar os investimentos do país em PD&I na área de energia. Na busca por este objetivo, o governo brasileiro encontrou como parceiros o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) e a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), através da iniciativa Big Push para a Sustentabilidade. Desta ampla convergência de motivações nasceu, em 2019, o Energy Big Push (EBP) Brasil ou Grande Impulso Energia, iniciativa colaborativa que conta com a participação de diversas instituições e especialistas das áreas de energia e inovação, com destaque para as valorosas contribuições da Agência Internacional de Energia (IEA). Sob coordenação da EPE e execução do CGEE e do Programa de Energia para o Brasil (BEP) do governo britânico, foi concretizada em 2021 a Plataforma digital INOVA-E.

Instituição Financeira

BNDES – É um dos maiores bancos mundiais e o principal instrumento do Governo Federal para o financiamento de longo prazo e investimento em todos os segmentos da economia brasileira. Em 2020, o BNDES criou o Programa de Incentivo à Redução de Emissões de CO2 no Setor de Combustíveis, chamado de BNDES RenovaBio, que concede empréstimos a empresas produtoras de biocombustíveis, fomentando a eficiência energética e a produção de combustíveis renováveis, apoiando empresas para atingirem suas metas de redução na emissão de CO2.

Personalidade

MARCELO PERRUPATO – Tem oferecido vasta contribuição aos Transportes e à Logística do País. Engenheiro Civil pela UFMG e MSc em Planejamento Econômico na Engenharia pela Universidade de Stanford, foi responsável pelo desenvolvimento e implementação do Plano Nacional de Logística e Transportes para o Brasil. Entre outras atividades, foi  secretário de Coordenação de Transportes, secretário-geral , e secretário de Política Nacional de Transportes no Ministério dos Transportes. No setor privado, ao longo de sua carreira profissional desenvolveu diversos estudos e projetos em rodovias, hidrovias, ferrovias, portos e terminais de transbordo e integração multimodal (Plataformas Logísticas). Especialista e professor em Pós-graduação (IME e Estácio de Sá) na área de Planejamento em transporte multimodal integrado, logística e PPP’s.

Sessões 1 e 2

Logo depois começaram as apresentações e os debates na sessão 1 e  2. A primeira teve como tema: “A Evolução da Logística na Infraestrutura” e na segunda, os convidados trataram sobre: “Transporte Aquaviário: Desafios e Oportunidades”. 

As duas sessões podem ser vistas no canal do YouTube do Instituto Besc. 

Reveja a Sessão 1 no YouTube.

Reveja a Sessão 2 no YouTube

Ler esta notícia me deixou:
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?