3 erros comuns ao se buscar Inteligência de Negócios [Dados Descomplicados]

Já demos várias dicas e mostramos alguns casos de sucesso de inteligência de negócios aqui no portal. Hoje vamos enfatizar que o caminho para ser uma empresa inteligente requer mais do que apenas querer fazer. Existem passos que se negligenciados podem te levar ao fracasso. Em minha experiência são 3 principais causas que podem te levar à falha nos projetos de BI, são elas:

Falta de controle nos dados

Muitas empresas começam a crescer de forma desordenada e não adaptam seus processos para sua nova realidade. Um número muito alto de empresas de médio e pequeno porte fazem seus controles em planilhas e nem se quer conseguem analisar seus padrões ao longo do tempo. Na semana passada demos o exemplo da Toyota. A grande falha do início do projeto de inteligência de negócios deles foi não ter controle sobre os dados, o que gerou análises incoerentes e sem inteligência alguma. Já vi casos que empresas se estruturam totalmente e falham em projetos por receber informações incoerentes ou inexistentes após 4 meses trabalhando.

Um exemplo muito bom foi em um projeto que trabalhamos para analisar um programa de melhoria de operação. A ideia era que os funcionários fizessem cursos e se aperfeiçoassem, trazendo benefícios para a operação da empresa. O grande problema foi que os dados que diziam quais funcionários estavam fazendo os cursos e quais áreas eles trabalhavam estavam perdidos, nulos ou duplicados. Percebe como se torna impossível tirar algum padrão daqui? Nem preciso dizer que o projeto teve que voltar, consertar os dados das origens e só assim seguir para as análises.

Não saber o que a empresa busca

Estamos em uma era que já é possível captar quase todo tipo de informação, mas então por que a maioria das empresas ainda não consegue analisar seus dados? Acredito que a grande sacada aqui é estar alinhado ao propósito, saber quais são os objetivos e como a empresa de fato funciona. O BI pode te ajudar muito a ver falhas processuais, evitar investimentos errados e até entender seus clientes, mas você precisa saber o que busca. Os dados podem estar disponíveis com boas práticas, mas as análises das informações têm que partir dos gestores. O engajamento dos gestores é imprescindível para o sucesso.

Ainda ver tecnologia como gasto

Ainda vemos muitas empresas achando que investir em políticas de dados e análises é algo apenas para empresas grandes e que é caro. Penso que caro e barato são coisas relativas à importância que se da. Uma mansão na beira do lago é barata se for vendida por 50 mil, mas 50 mil por uma caneta pode ser caro. Tudo depende do valor que se dá ao produto. Projetos de Inteligência de negócios podem ser comparados com essa analogia, porém eles têm a vantagem de se pagar ao longo do tempo. O retorno sobre investimento (Return on Investment – ROI) deles costuma ser em meses. O caso da Toyota que falamos na semana passada trouxe um ROI de 506% em questão de meses – não conheço investimento que consiga barrar esse! Processos que trazem melhorias e otimizam a empresa são quase que necessários para a melhoria contínua de seus processos.

Agora que você já sabe 3 erros comuns para evitar, que tal começar a rever seus processos e ver se você está cometendo algum deles?

Siga o colunista no Insta:@leoargolo_

 

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?