Sesc-DF lança podcast com escritores da cidade

podcast

O escritor Daniel Barros abrirá o podcast com o texto: “Um homem de honra”

A literatura produzida na capital federal e no entorno vai ganhar um espaço especial. O Sesc-DF lança no dia 5 de junho o podcast Bibliocanto – seu cantinho de leitura na biblioteca. Os episódios serão quinzenais, com duração de 15 a 20 minutos e os temas e os gêneros literários serão distintos. A previsão é gravar novos episódios de junho até novembro, e dois deles estarão disponíveis nas plataformas digitais: Deezer, Spotify, Apple Podcasts e Google Podcasts.

As gravações serão realizadas no Sesc Estação 504 Sul e a bibliotecária da unidade, Fabrícia Feitosa, acredita que o podcast irá estimular a produção cultural. “O projeto surgiu da necessidade de ouvirmos o que está sendo produzido na área de literatura da cidade. Selecionamos por meio de uma curadoria escritores para narrarem suas histórias e assim divulgarmos também esse tipo de conteúdo. É mais um incentivo para quem se dedica à escrita e uma oportunidade do público ter acesso de uma forma diferente”, detalhou.

Primeiros episódios

A estreia do podcast terá a participação do escritor e professor Daniel Barros, que apresentará o texto de sua autoria: “Um homem de honra”. A leitura e e escrita sempre estiveram presentes na vida do autor. Nascido em Maceió, Daniel é policial civil há 23 anos, mas antes, ele escreveu em jornais escolares e da faculdade e ainda chegou a ser fotógrafo do O Jornal e da Gazeta de Alagoas. Como escritor, Daniel Barros é autor das obras: O sorriso da cachorra (2011), Enterro sem Defunto (ler Editora 2013); Mar de pedra, romance, editora Thesaurus (2015); e Canto Escuro (2019). Os livros podem ser encontrados na Amazon.

No dia 20 de junho será a vez da jornalista e escritora Juliana Valentim. Ela vai ler o primeiro capítulo de seu livro “O Abrigo de Kulê – Gabriel e a fábrica de brinquedos”, disponível em versão e-book na Amazon. A editora-chefe da Revista Traços já escreveu três livros: Manuscritos de um viajante – Crônicas (2007); Palavras que dançam – Poemas e fragmentos (2014); e O Abrigo de Kulê (2020).

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?