Literatura do bem: escritor lança livro e renda será doada para instituição do DF

A obra digital do escritor brasiliense, Miguel Sartori, conta a aventura de menino que busca dragões em Pirenópolis. Toda renda da venda do livro será destinada para a Afago-DF

O leitor é convidado a embarcar em uma aventura fantástica e descobrir se os dragões existem ou não. Dizem que eles podem estar mais perto do que se possa imaginar. O garoto Daniel é o personagem principal, ele vai percorrer as trilhas das cachoeiras de Pirenópolis em busca destas criaturas mitológicas.

Miguel Sartori escreveu a obra “Daniel na Trilha dos Dragões” em 2017. O autor conta como foi o processo de criação, “ainda não sabíamos que seríamos pais – a gestação ainda estava no início – quando fomos à Cachoeira dos Dragões, em Pirenópolis. Sou apaixonado por cachoeiras e pelo cerrado, então, naturalmente, o local me inspirou. Depois, quando soubemos da gravidez, logo pensei que essa foi a primeira aventura do meu filho; por isso a ideia de escrever o livro”, conta Sartori.

Literatura do bem

Voltada para o público jovem, a aventura de Daniel está disponível na Amazon no formato eBook Kindle. Além de ser uma narrativa de pai para filho, a obra tem mais um caráter do bem; todo renda obtida a partir das vendas será doado à Associação de Apoio à Família, ao Grupo e à Comunidade (Afago-DF), que atende a famílias em situação de vulnerabilidade social no Distrito Federal. 

“Ficamos imensamente felizes quando ele comunicou a intenção da parceria para a comercialização do livro. Sentimos que, muito além do retorno financeiro, isso representa o carinho e o cuidado com as famílias da Afago-DF e que, a partir dessa iniciativa, muitas outras poderão surgir. Por isso, nossa imensa gratidão e desejo de sucesso para essa obra literária tão sensível”, ressalta a presidente da Afago-DF, Ivanna Sant`Ana Torres.

Foi uma experiência pessoal que motivou Sartori a doar o valor obtido com a venda do novo livro para a Afago-DF. . “Meu segundo filho, ao nascer, ficou um mês na UTI, quase vindo a óbito. Naquela ocasião, fiz a promessa de doar os valores da venda desse livro e de outro que escrevi para ele. Já conheço a Afago há vários anos. Dessa vez, fui tocado pelas dificuldades que tantos estão enfrentando durante a pandemia. Na impossibilidade de lançar o livro físico nesse momento, decidi adiantar a divulgação da obra e vender somente em formato digital para arrecadar fundos para a instituição”, finaliza o escritor.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?