Semana Distrital de Doação de Leite Materno

Com parceria do Corpo de Bombeiros, ação tem como meta sensibilizar mulheres que amamentam a se tornarem doadoras

Começou nesta segunda-feira (18), a Semana Distrital de Doação de Leite Materno, como parte das comemorações do Dia Mundial de Mobilização de Leite Humano, celebrado em 19 de maio. Realizadas no DF desde 2004 a secretaria de Saúde (SES) informa que as atividades previstas para a semana serão realizadas a distância, por conta da pandemia mundial do novo coronavírus.

Para a abertura, a Rede Universitária de Telemedicina (Rute) fez uma videoconferência, e partir de terça-feira (19) cada banco de leite vai fazer uma live com diversos temas para as redes sociais do Amamenta Brasília.

“É importante a semana de doação de leite materno para ajudar a salvar vidas num momento em que a sociedade enfrenta uma pandemia”, explica o secretário de Saúde, Francisco Araújo. Já que em função do coronavírus, lembra ele, houve uma queda na doação de leite.

A pandemia da covid-19 diminuiu o número de doadores de leite materno no Distrito Federal. De acordo com a Secretaria de Saúde, em março foi registrada uma queda de 35% nos estoques, na comparação com o mesmo período de 2019. O mês de abril fechou com um déficit de 11% deste alimento que é vital para os primeiros meses de vida dos bebês.

“O objetivo é incentivar as mulheres que amamentam a se tornarem doadoras de leite materno”, resume a coordenadora das Políticas de Aleitamento Materno e Banco de Leite Humano do DF, Miriam Santos. “Hoje, estamos com um déficit de 11% nos estoques dos nossos bancos de leite e precisamos aumentar nossos estoques, porque o leite materno salva vidas.”

Parcerias

Por meio de uma parceria com a Fábrica Social, a Secretaria de Saúde vai entregar uma camisetinha infantil com a frase “Eu divido o meu leite” a cada mãe doadora. São camisetinhas para bebês com até 3 anos de idade, já entregues à Secretaria de Saúde e ao programa Criança Feliz Brasiliense.

leite materno
Fábrica Social produziu mil camisetas para bebês com até 3 anos. Foto: Divulgação/Secretaria de Educação.

Com foco em aumentar os estoques, os bancos de leite têm realizado atendimento com horário marcado, por WhatsApp, por meio de videochamadas. Porém, quem chega ao local sem horário marcado também consegue ser atendido, já que a principal função dos bancos é acolher e incentivar as mulheres a amamentarem, pois são potenciais doadoras.

Os bombeiros também são parceiros da SES na ação. “Por meio do Corpo de Bombeiros, as mulheres podem doar o leite materno sem se preocupar com o transporte”, ressalta Miriam Santos. “São 30 anos de parceria e, esse é um trabalho essencial para o sucesso do nosso trabalho”. Só o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) já oferece o banco de leite materno há 42 anos.

A Semana Distrital de Doação de Leite Materno faz parte do calendário institucional do Governo do Distrito Federal. Voluntárias podem se inscrever nas doações ligando para telefone 160 – opção 4.

Ler esta notícia me deixou:
shares
Open chat
Olá,
Agradecemos o seu contato! Como podemos te ajudar?